Após marcar dois gols, Pepê exalta conversa no vestiário do Grêmio

"Nós criamos as melhores oportunidades e tivemos o controle do jogo", explicou o jovem jogador

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 15 - Pepê voltou a se destacar na vitória do Grêmio, por 3 a 1, em cima do Botafogo, nesta quarta-feira à noite, na arena gremista, pela 16º rodada do Campeonato Brasileiro. Ele marcou dois gols e deixou o campo com melhor da partida e aplaudido pelo técnico Renato Gaúcho. Para ele, a vitória começou a ser desenhada nos vestiários.

"No intervalo a gente combinou de se impor desde o começo. Daí saiu o gol logo no começo (aos dois minutos) e ficou mais fácil. O outro gol saiu numa jogada ensaiada, com o cruzamento do Victor (Ferraz) para mim", explicou o jovem jogador, que a cada dia aumenta as suas marcas no clube.

GAÚCHO MINIMIZA EXPULSÃO DE DIEGO SOUZA

MARCAS DE PEPÊ

No ano passado ele marcou 19 gols e sob o comando de Renato Gaúcho já balançou as redes 27 gols. Neste Brasileirão, tem cinco gols e a cada dia demonstra mais confiança com a camisa gremista. Mas sabe que o ano vai ser pesado com a sequência de jogos, tanto que saiu mancado, cansado ao ser substituído nos minutos finais por Bruno Cortez.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA - Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

"Não estou só mancando, não. Estou com a perna pesada, porque são muitos jogos que temos disputado", explicou.

Diego Souza lamentou a sua expulsão aos sete minutos do segundo tempo, quando atingiu as nádegas de Guilherme Santos após uma disputa de bola. Segundo ele, o lance foi involuntário.

"Tanto que o juiz não viu e deixou a bola seguir. O VAR é que chamou ele, mas o meu pé tocou sem querer, não tive intenção de nada", afirmou o atacante.

VITÓRIA JUSTA
Lamentando a expulsão, Diego Souza considerou a vitória justa.

"Nós criamos as melhores oportunidades e tivemos o controle do jogo. Saímos na frente e levamos o empate no final do primeiro tempo com uma bola parada, que é o forte do Botafogo. Fui expulso injustamente, mas meus companheiros lutaram muito e garantiram a vitória", lembrou.