Presidente do Grêmio despista sobre Cavani: "Não vai acontecer anúncio nenhum hoje"

Romildo afirmou ainda que abriria negociação apenas após a decisão do jogador em voltar à América do Sul

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 09 (AFI) - Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, despistou sobre a possível chegada do atacante Cavani, fato confirmado pela imprensa uruguaia e argentina. Segundo tais fontes, o atleta chegaria no dia de hoje a Porto Alegre para assinar com o tricolor gaúcho. O mandatário voltou a indicar que não existe qualquer tipo de negociação com o uruguaio.

"Não vai acontecer anúncio nenhum hoje. Estamos trabalhando com contratações, negociações. Temos uma visão bastante clara de plantel e buscamos um lateral esquerdo sim. Nós temos contratações pontuais para melhorar o desempenho da nossa equipe. Se não for no mercado nacional, vamos também no mercado internacional em outubro", falou o presidente.

“A identidade comportamental do Cavani tem tudo a ver com o Grêmio. Se alguém sonha com o Cavani, sonha corretamente. Mas sinceramente, não é o Grêmio que vai competir com os clubes da Europa. Não temos nenhuma condição de avançar neste negocio. Se criou um inconsciente coletivo em cima disto. Se o Cavani fizer a opção de vida de jogar na América do Sul, o Grêmio pode brigar. Mas isto depende dele, não do Grêmio. Não é o caso agora", concluiu.

Cavani não deve jogar no Grêmio
Cavani não deve jogar no Grêmio

RENATO GAÚCHO
O presidente também bancou a permanência de Renato Gaúcho, que vem sendo pressionando com a sequência de maus resultados com a equipe no Brasileirão. "O Renato tem que estar tranquilo mesmo. Ele já passou por outros momentos assim no clube e sua trajetória já mostrou que ele passa por cima. O que vai fazer melhorarmos é a vitória e o Renato sabe o que o grupo pode dar", falou, antes de concluir.

"Não é a primeira vez que é gerado um ambiente de desconfiança. Por quê? Porque o futebol é algo totalmente passional. Nós temos que racionalizar estes momentos."

SEQUÊNCIA NEGATIVA!
Em sete jogos disputados no Brasileirão, o Grêmio venceu um, empatou cinco e perdeu um, somando oito pontos, na 14ª colocação. O Coritiba, primeiro da zona de rebaixamento, tem sete.

"A preocupação é voltar a vencer. O grupo do Grêmio é forte e precisa vencer para ter confiança. Tem muitos jogadores novos entrando. A preocupação de todos é vencer para retomar a confiança", disse.