Gaúcho: Após empate, zagueiro ainda vê Grêmio sentindo falta de ritmo de jogo

O Tricolor perdeu os 100% de aproveitamento no segundo turno ao empatar com o Ypiranga por 1 a 1

por Agência Futebol Interior

Dourado do Sul, RS, 26 (AFI) – Após o empate do Grêmio por 1 a 1 com o Ypiranga, o zagueiro Pedro Geromel afirmou que a equipe ainda sofre com a falta de ritmo.

Desde o retorno do futebol no Rio Grande do Sul, o Grêmio já havia disputado um clássico contra o rival Inter com vitória por 1 a 0. Neste domingo, na segunda partida após a paralisação do estadual, o time de Renato Gaúcho perdeu os 100% de aproveitamento no segundo turno.

“Eu acho que uma série de situações que o mundo vive atualmente influenciam diretamente, mas vamos falar sobre o jogo. O nosso time se impôs, conseguimos tocar a bola, conseguimos impor o ritmo, não o que desejaríamos, mas infelizmente, no único chute, posso estar errado, um belo gol deles. A gente trabalhou e eles se defenderam bem e conseguiram o resultado”, analisou Geromel.

O zagueiro ainda analisou a falta de ritmo de jogo e deixou claro que esse fator influencio tanto no Gre-Nal quanto no empate deste domingo.

“A gente estava se sentindo bem, tivemos 12 semanas. Desde o Gre-Nal, me senti muito bem, consegui correr os 90 minutos, claro que o ritmo de jogo, algumas bolas a gente subiu pra cabecear e estava sem tempo de bola. Isso influencia”, afirmou.