De Sevilla a Bayer Leverkusen: joia da base do Grêmio está na mira de times europeus

Krasnodar e Spartak, da Rússia; Udinese e Bologna, da Itália; Betis e Villarreal, da Espanha são outros times de olho em Victor Bobsin

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 07 (AFI) - Com o fim da temporada europeia bem próximo, o mercado voltará a ficar agitado com muitos times de olho nas jovens promessas brasileiras. Um desses casos é o volante Victor Bobsin, de 20 anos, que pertence ao Grêmio e mesmo sem atuar nenhuma vez no time principal, é tido como uma verdadeira joia no tricolor gaúcho.

Dentre os times que estão de olho no jogador estão: Krasnodar e Spartak Moscou, da Rússia; Udinese e Bologna, da Itália; Sevilla, Betis e Villarreal, da Espanha; e Bayer Leverkusen, da Alemanha. Já os portugueses Vitória de Guimarães e Braga foram mais incisivos e fizeram uma sondagens mais diretas na diretoria do Grêmio. Assim como um time suiço, que não teve o nome revelado.

Victor Bobsin está no radar de muitos times europeus
Victor Bobsin está no radar de muitos times europeus
De qualquer forma, por enquanto, o Grêmio nega que esteja negociando o jovem jogador. A ideia do staff do jogador é manter o atleta no time gaúcho, para ter chance no time principal e conseguir evoluir na carreira para não ir de forma precipitada para a Europa. E, visando negociações melhores futuramente.

O atual contrato de Bobsin vai até dezembro de 2021, com uma multa rescisória internacional no valor de 60 milhões de euros (aproximadamente R$364 milhões na cotação atual). No currículo, o jovem atleta tem o título de campeão sul-americano sub-17 com o Brasil, em 2017.