Com cinco reforços, Renato Gaúcho fecha treino e define escalação para o Gre-Nal

O treinador conta com reforços importantes e tem praticamente força máxima para escalar a equipe

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 02 - Com portões fechados, como de costume antes das partidas, o técnico Renato Gaúcho comandou o último treinamento do Grêmio na preparação para o Gre-Nal deste domingo e definiu o time que vai a campo no clássico com o Internacional na Arena do Grêmio, às 18 horas, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

REFORÇOS IMPORTANTES
O Grêmio conta com cinco reforços para o Gre-Nal
O Grêmio conta com cinco reforços para o Gre-Nal

O treinador conta com reforços importantes e tem praticamente força máxima para escalar a equipe.

Ausentes contra o Vasco por suspensão, Kannemann e Matheus Henrique têm retorno assegurado ao time, assim como o volante Maicon, preservado do último jogo em razão de dores no joelho.

Além dos três, Geromel e Alisson também estão em condições de jogo.

Eles treinaram normalmente durante a semana e estão recuperados de suas respectivas lesões. A única baixa é o meia Thaciano, que sofreu lesão no músculo posterior da coxa esquerda e ainda não tem previsão para voltar a jogar.

TIME PROVÁVEL

Com todos à disposição, Renato Gaúcho deve mandar o Grêmio a campo com: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Alisson, Tardelli e Everton; Luciano.

BRIGA PELO G-6

O duelo contra o arquirrival é direto na briga pelo G-6, já que o Grêmio é o quinto, com 47 pontos, e o Inter está logo atrás, em sexto, com um ponto a menos. O time tricolor vem de duas vitórias consecutivas e tenta ampliar a sequência positiva para consolidar a boa fase e entrar no grupo dos quatro primeiros.

Para alcançar a zona de classificação direta à Copa Libertadores 2020, o Grêmio precisa vencer o clássico e torcer para que o São Paulo, atual quarto colocado, não vença a Chapecoense neste sábado.

MAIOR DE TODOS

Após o treinamento, o volante Matheus Henrique falou sobre a importância de vencer um Gre-Nal e o peso que o confronto tem para os dois lados.

Ele classificou o clássico como o maior do futebol brasileiro.

"A gente sabe que é uma rivalidade, que existem grandes clássicos no futebol brasileiro."

"E o Gre-Nal, para mim, é maior. Gre-Nal marca, tanto do lado positivo quanto para o negativo. Tem jogadores marcados na história por nunca perder um Gre-Nal. Que a gente possa entrar com essa mentalidade", destacou.