Contra a Chapecoense, Grêmio mira 5ª vitória seguida para se manter no G4

As equipes se enfrentam neste domingo, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 10 (AFI) - Cada vez mais embalado nesta reta final do Brasileirão, o Grêmio busca neste domingo, às 19 horas, sua quinta vitória consecutiva. O adversário da vez é a Chapecoense, na Arena Condá, pela 32ª rodada. Se tropeçar, o time gaúcho pode perder a vaga recém-conquistada no G-4 da tabela.

O Grêmio voltou ao grupo dos quatro primeiros colocados, que entram direto na fase de grupos da Copa Libertadores, na quinta ao vencer o CSA por 2 a 1. Contribuiu para tanto a derrota do São Paulo diante do Fluminense, no mesmo dia. Com 53, o time de Porto Alegre tem um ponto a mais que o rival paulista.

Para emplacar mais uma vitória, o Grêmio terá que superar dois desfalques: o volante Maicon, um dos líderes do grupo, e o lateral-esquerdo Cortez. Juninho Capixaba deve substituir o titular da lateral. Já, quanto ao meio-campo, Renato Gaúcho poderá ter dificuldades para escalar a equipe.

Tanto Michel quanto Rômulo, ambos volantes com boas chances de substituir Maicon, ficaram de fora do treino de sexta. Michel já reclamava de dores no joelho esquerdo desde a quinta e Rômulo chegou a estar em campo durante 15 minutos no duelo contra o CSA. Se for liberado pelo departamento médico, Rômulo é o favorito para ficar com a vaga de Maicon.

Outra preocupação para o treinador é a postura exibida pela sua equipe diante do CSA. Após abrir o placar na quinta, o time gaúcho cedeu o empate em casa. E só venceu depois de um gol contra do rival de Maceió, nos acréscimos.

"Que sirva de lição. Dos males o menor, porque conseguimos nosso objetivo. Mas fomos abaixo daquilo que poderíamos ter feito. O mais importante foram os três pontos", comentara o treinador. "Já absorveram [o susto]. Quando eles baixam a cabeça, sabem que erraram. Não teve entrega total, mas converso com eles, e o grupo é bom, inteligente."