Atacante do Grêmio revela pedido de Renato Gaúcho no intervalo: "Agredir mais"

Pepê comemorou o fim do jejum e a volta por cima após perder o pênalti na semifinal da Copa do Brasil

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 21 (AFI) - Depois do Santos ter pressionado no primeiro tempo, o Grêmio voltou com outra postura do intervalo e conseguiu a vitória por 3 a 0, em plena Vila Belmiro. O técnico Renato Gaúcho teve participação nessa melhora do time com um simples pedido: agredir mais.

"O Renato pediu para a gente agredir um pouco mais a equipe deles. Sabíamos que eles deixariam espaços, porque iam cair um pouco no segundo tempo. Aproveitamos as oportunidades e fomos felizes", comemorou o atacante Pepê.

O atacante Pepê marcou o segundo gol do Grêmio na vitória sobre o Santos
O atacante Pepê marcou o segundo gol do Grêmio na vitória sobre o Santos
Autor do segundo gol tricolor aos 41 minutos do segundo tempo, Pepê comemorou a volta por cima depois de ter desperdiçado o pênalti que resultou na eliminação para o Athletico-PR, na semifinal da Copa do Brasil, no início do mês.

"Eu estava precisando. Fazia um tempinho que não fazia gol (desde o dia 13 de julho) e é importante para dar confiança. A gente sabe que é ruim errar o último pênalti, ainda mais para quem é novo, dá aquele baque, mas tive o apoio dos companheiros, da comissão técnica, de todo mundo", disse o atacante.

Revelado nas categorias de base do próprio Grêmio, Pepê foi promovido ao elenco profissional em 2017 e nesta temporada já marcou oito gols em 32 partidas.