Sob risco de eliminação, Grêmio pega Rosario para iniciar reação na Libertadores

Do lado do Rosario, o técnico Diego Cocca optará por escalar uma equipe cuja formação é considerada alternativa

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 10 - Com apenas um ponto somado em três partidas, o Grêmio vai a campo nesta quarta-feira, às 21h30, em sua arena, em Porto Alegre, para enfrentar o Rosario Central em um jogo no qual só a vitória interessa, pois um empate com o time argentino poderá lhe custar uma decepcionante eliminação precoce com duas rodadas de antecedência no Grupo H da Copa Libertadores.

Tricampeão continental e vencedor da edição de 2017 da competição, o time gremista dará adeus às chances de classificação às oitavas de final se não conseguir vencer e a Universidad Católica, vice-líder, com seis pontos, superar o Libertad, em Santiago, no outro duelo que fechará a quarta rodada desta chave, também a partir das 21h30 (de Brasília).

A equipe paraguaia lidera com nove pontos após ganhar os seus três primeiros jogos, sendo um deles por 1 a 0 sobre os gremistas na capital gaúcha, onde o Rosario Central, também com apenas um ponto, corre o risco de "morre abraçado" com o time brasileiro em caso de um empate nesta quarta.

Apesar do panorama desfavorável, o técnico Renato Gaúcho confia não só na vitória do seu time como também na passagem da equipe para as oitavas de final nas duas rodadas finais, nas quais terá pela frente o Libertad no próximo dia 23, em Assunção, e depois receberá a Católica em sua arena, no dia 8 de maio.

CONFIANTE

Durante todas as entrevistas que concedeu na última semana, o treinador garantiu que a equipe vai "reverter a situação", buscar as "vitórias nos três jogos restantes" e "garantir a classificação" para a próxima fase da principal competição sul-americana.

Sob risco de eliminação, Grêmio pega Rosario para iniciar reação na Libertadores
Sob risco de eliminação, Grêmio pega Rosario para iniciar reação na Libertadores
Para aumentar o moral do grupo, o time derrotou no domingo o São Luiz, por 3 a 0, e carimbou sua passagem para a final do Estadual frente ao rival Internacional. O primeiro jogo da decisão é domingo, no Beira-Rio.

Renato comandou um treino fechado nesta terça-feira e não revelou a escalação da equipe que vai entrar em campo. Diego Tardelli, que se destacou com dois gols em um coletivo na segunda-feira, briga por uma vaga no ataque com Alisson, mas o mais provável é que o treinador mantenha a mesma formação titular que começou o último duelo com o São Luiz.

CONFIRMADO

Com escalação garantida no ataque gremista, André deu entrevista coletiva nesta terça e ressaltou que o mais importante é o time cumprir o dever de casa e não se preocupar com o resultado que poderá ocorrer na partida entre Católica e Libertad. "Os dois jogos vão ser ao mesmo tempo. Não podemos jogar aqui e pensar lá. Se não fizermos o nosso papel, nada vai adiantar", enfatizou.

Do lado do Rosario, o técnico Diego Cocca optará por escalar uma equipe cuja formação é considerada alternativa. Embora o time ainda tenha chance de avançar na Libertadores, o treinador também precisa priorizar a buscar por uma reação no Campeonato Argentino, na qual ocupa apenas o 20º lugar, com 26 pontos, apenas quatro à frente do Argentinos Juniors, 26º colocado e lanterna da tabela. O Racing, atual líder, soma 31 pontos a mais do que o Rosario.