Renato Gaúcho diz ‘não’ ao Flamengo e renova com o Grêmio para 2019

O treinador tem o sonho de dirigir o Mengão, mas deve realizá-lo apenas no futuro

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 29 (AFI) – Agora é oficial! O técnico Renato Gaúcho continuará no comando do Grêmio para a temporada 2019. Ele havia recebido uma proposta do Flamengo, um de seus sonhos como treinador, mas optou por permanecer no Tricolor, clube que o tem como o maior ídolo de sua história.

"Estamos anunciando aqui que chegamos a um acordo para renovação de mais um ano. Com este acordo, (o Renato) vai dar continuidade ao trabalho. É um desejo recíproco, do Renato e nosso, e acabamos fechando esta renovação por mais um ano. Agora, estamos trabalhando de uma maneira mais direta e própria para fechar o planejamento para o ano que vem", anunciou o presidente Romildo Bolzan.

Renato tinha vínculo com o clube tricolor somente até o fim deste ano. Nas últimas semanas, principalmente após a eliminação da equipe nas semifinais da Libertadores, muito se falou sobre a possibilidade de o treinador sair, enquanto ele mesmo se recusava a anunciar seu futuro. "Eu não quero tocar nesse assunto" e "a gente vai conversando" foram duas das respostas dadas pelo treinador ao ser questionado sobre 2019.

A especulação sobre sua saída cresceu porque o Flamengo escancarou o desejo de contar com Renato para a próxima temporada. O próprio técnico chegou a dizer que sonhava em um dia comandar a equipe rubro-negra. No fim, porém, pesou, o sucesso recente do Grêmio sob seu comando e a boa relação com a diretoria.

"O Renato acredita no que o Grêmio diz, e nós no que ele nos diz. Tudo o que aconteceu faz parte do ambiente de busca de informações. Mas para nós, valia o que tínhamos combinado. O que chegou foi a quarta reunião nossa, matou o assunto, porque havia a vontade", afirmou Romildo.

Renato Gaúcho renovou com o Grêmio para 2019
Renato Gaúcho renovou com o Grêmio para 2019
PLANEJAMENTO!
Nos próximos dias, o presidente se reunirá com Renato para definir o planejamento para 2019. O próprio dirigente admitiu a necessidade de "quatro ou cinco reforços" visando a próxima temporada. Ele ainda negou que pagará R$ 1 milhão de salários ao treinador, como foi divulgado por parte da imprensa.

"O ambiente tem o seu valor, a convivência, a continuidade. O Grêmio ajustou uma proposta com uma remuneração significativa, mas é o que vale. Estamos no limite, mas achamos que vale a pena", disse. "Ele teve uma proposta do Flamengo e disse que talvez fosse maior, mas não vou me arriscar a falar uma coisa que não sei."

Renato voltou ao Grêmio no segundo semestre de 2016, para sua terceira passagem como técnico do clube, e vive seu melhor momento nesta função. Neste período, conquistou uma Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, uma Copa do Brasil e um Campeonato Gaúcho, além de ter chegado à semifinal da Libertadores deste ano.

 
 
" />