Pretendido pelo Flamengo, Renato Gaúcho deixa treinamento do Grêmio mais cedo

Na atividade não estavam o meia Jean Pyerre e o lateral-esquerdo Cortez; Everton apenas correu pelo gramado

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 28 - A incerteza paira no ar no Grêmio. Em um dia com muita especulação sobre o futuro de Renato Gaúcho, que pode trocar o clube gaúcho pelo Flamengo, o treinador deixou mais cedo o treinamento desta quarta-feira no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre. Na atividade não estavam o meia Jean Pyerre e o lateral-esquerdo Cortez, que sentiram lesões musculares. Já o atacante Everton só correu no gramado.

Antes da partida deste domingo contra o Corinthians, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, a diretoria espera resolver a situação de Renato Gaúcho. O treinador está em tratativas para renovar o contrato, mas os dois candidatos à presidência do Flamengo, Ricardo Lomba e Rodolfo Landim, já anunciaram que chegaram a um acordo para contratá-lo.

Para fechar o ano, o Grêmio busca uma vitória neste domingo para ficar com a quarta colocação do Brasileirão e se classificar de forma direta à fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores. Com 63 pontos, o time gaúcho têm a mesma pontuação do São Paulo, mas fica na frente por ter mais vitórias (17 a 16).

O Grêmio não terá o zagueiro Pedro Geromel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o lateral-esquerdo reserva Juninho Capixaba, que tem os direitos econômicos presos ao rival paulista. Na zaga, Renato Gaúcho deve improvisar Marcelo Oliveira ou escalar Bressan, que não joga desde a eliminação nas semifinais da Libertadores para o River Plate.

Uma provável escalação do Grêmio é: Paulo Victor; Leonardo, Kannemann, Marcelo Oliveira (Bressan) e Cortez; Michel, Matheus Henrique, Alisson (Ramiro), Jean Pyerre e Everton; Jael. Mais um treino ocorrerá nesta quinta-feira, novamente no CT Luiz Carvalho.

 
 
" />