Grêmio encara Sport para se manter entre líderes, apesar da rotina de desfalques

O zagueiro Kannemann e o volante Maicon, além dos atacantes Luan e Everton, puxam a fila dos que estão de fora

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 13 - Mudanças entre os titulares do Grêmio já viraram rotina para o técnico Renato Gaúcho. Sofrendo com desfalques desde o início de maio, ele foi obrigado a mexer no time nos últimos nove jogos, o que afetou o rendimento dentro de campo. E não será diferente nesta quarta-feira, contra o Sport na Ilha do Retiro, em Recife, às 19h30. O comandante contabiliza muitos desfalques para a 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Nosso grupo tem respondido muito bem às nossas necessidades. É claro que o ritmo do time não é normal, porque a gente perde muito em entrosamento. Mas é uma situação que temos que enfrentar com naturalidade", diz Renato, tentando valorizar os novos titulares.

Grêmio encara Sport para se manter entre líderes, apesar da rotina de desfalques
Grêmio encara Sport para se manter entre líderes, apesar da rotina de desfalques
O zagueiro Kannemann e o volante Maicon, além dos atacantes Luan e Everton, puxam a fila. Os três primeiros foram preservados devido ao desgaste da sequência de jogos, enquanto o último recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 contra o América-MG e nem viajou com o grupo para a capital pernambucana.

O volante Jailson está negociando com o Santos; Maicosuel se recupera de uma amidalite; Michel, Alisson, Hernane e Marcelo Oliveira estão vetados pelos médicos, recuperando de lesões. Pedro Geromel, convocado por Tite para a Copa do Mundo, já era desfalque certo.

Ramiro, que já não enfrentou o América-MG devido a uma pancada no tornozelo contra o Ceará, deve jogar. O atacante Jael também será alternativa na reserva, uma vez que participou apenas de parte do último jogo após mais de um mês afastado. Ele vai ser utilizado aos poucos, segundo o planejamento da comissão técnica.

Dentre tantas baixas, o treinador quer se manter entre os líderes durante a parada para a Copa. Com 19 pontos, o clube depende apenas de si para alcançar o objetivo. Até agora a principal força do Grêmio no Campeonato Brasileiro foi o sistema defensivo: em 11 jogos, foram apenas cinco gols sofridos, a melhor marca entre todos os times da competição.

 
 
" />