Gaúcho: Capitão do Grêmio, Maicon explica entrevero com D'Alessandro, do Inter

"Pedi paranão apitar o jogo. Na marra, ninguém vai ganhar. O jogo tem que ser decidido dentro de campo. Tem que ser assim", afirmou

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 12 - Um dia depois da cena inusitada, o volante Maicon explicou o entrevero com D'Alessandro antes do Gre-Nal do último domingo, no Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho. De acordo com o capitão gremista, o motivo da briga foi o comportamento comum ao argentino em clássicos como este.

"Pedi para o D'Alessandro não apitar o jogo. Na marra, ninguém vai ganhar. O jogo tem que ser decidido dentro de campo. Tem que ser assim todos os jogos", declarou o jogador em entrevista ao SporTV.

Grêmio venceu por 2 a 1 (Foto: Divulgação/Grêmio)
Grêmio venceu por 2 a 1 (Foto: Divulgação/Grêmio)
O veterano D'Alessandro, de 36 anos, é famoso por tentar "apitar" os jogos, principalmente os de maior importância, reclamando constantemente da arbitragem. Pelo menos foi isso que Maicon indicou nesta segunda, quando condenou o comportamento do rival.

"A gente não pode, em um jogo tão importante como esse, deixar o adversário crescer. Se ele (D'Alessandro) deixar o árbitro apitar, vamos jogar tranquilo. Se ele pressionar, vai ter pressão do nosso lado também", disse.

O próprio gremista, no entanto, minimizou o episódio e revelou ter se entendido com o argentino ao longo do clássico.

"Somos jogadores experientes, não tinha motivo para a gente ficar nesta rivalidade de querer brigar. O futebol é resolvido dentro de campo. Ele falou que não precisava a gente ficar fazendo isso. Falei que entraria para jogar, mas que também não deixaria ele crescer dentro do jogo."

Mesmo na casa do rival, o Grêmio venceu por 2 a 1 e garantiu a classificação para as quartas de final do Campeonato Gaúcho. Curiosamente, agora, a equipe encara justamente o Internacional no mata-mata. O primeiro jogo será na Arena, domingo que vem, e a volta, no Beira-Rio.

 
 
" />