Gaúcho: Cícero e Jael desfalcam treino e preocupam o Grêmio para quarta-feira

A ausência de ambos preocupa porque tratam-se das duas principais opções do Grêmio para centroavantes

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 05 - O Grêmio voltou às atividades nesta segunda-feira e ganhou duas preocupações no ataque para o confronto diante do Brasil de Pelotas, quarta-feira, em casa, pelo Campeonato Gaúcho. Cícero e Jael não participaram do treino e viraram dúvidas para o confronto adiantado da sétima rodada.

Cícero foi a opção do técnico Renato Gaúcho para o comando de ataque no sábado, na derrota em casa para o Cruzeiro-RS. Mas, nesta segunda, participou apenas da parte física da atividade. Depois, conversou com o preparador Rogério Dias e apenas assistiu ao resto do treinamento.

Jael seria um possível substituto para o jogador, mas sequer foi a campo nesta segunda. No último domingo, ele fez dois gols no jogo-treino diante do Ypiranga, mas, ao fazer o segundo, levou uma pancada do goleiro adversário e precisou deixar o campo com dores na perna esquerda.

A ausência de ambos preocupa porque tratam-se das duas principais opções do Grêmio para atuar como centroavante. Caso não possam jogar na quarta, a tendência é que Alisson seja escalado, com Everton deslocado para o comando do ataque.

Se os dois atacantes foram as baixas da atividade, o volante Arthur participou do treino normalmente e se mostrou mais próximo do retorno aos gramados. O jogador não atua desde o segundo jogo da final da Libertadores, contra o Lanús, quando sofreu uma importante lesão no tornozelo esquerdo.