Grêmio descarta faxina no elenco e solta o verbo contra ex-beque de Ponte e Sampa

A diretoria revelou que o jogador não vinha tendo comprometimento com o time

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 13 (AFI) - Depois da derrota para o Goiás e da consequente eliminação na Copa Sul-Americana, o presidente do Grêmio, Duda Kroeff, procurou dar suporte ao elenco e garantiu que nenhum jogador será dispensado. No início da semana, o zagueiro Rodrigo (foto) teve seu contrato rescindido com o clube.

Kroeff, aliás, no poupou críticas ao ex-jogador do São Paulo. "A gente está consciente que o jogador que achávamos que não estava comprometido foi embora. Não há mais nenhum jogador assim, estão todos jogando para o mesmo lado. Temos que seguir trabalhando e aguardar", afirmou o dirigente.

A derrota por 2 a 0 também não abalou a confiança de Kroeff no novo treinador gremista, Renato Gaúcho. "Ele chegou e a conversa com os atletas no final do jogo já foi muito boa", acrescentou o presidente, explicando que entendeu a irritação da torcida após a eliminação.

"Eu não estou magoado com os gritos da torcida contra mim, prefiro que seja assim. Não pode ser contra o Renato, que chegou hoje, contra o grupo de jogadores, contra o comando do futebol, que também é novo. Amo esse clube desde que nasci e essa camisa não pode ter tantas derrotas como está tendo", finalizou.