Palco de momentos históricos, estádio paulista completa 13 anos

Estádio foi cotado para a Copa do Mundo no Brasil e recebeu partidas marcantes como o centésimo gol de Rogério Ceni

por Federação Paulista (FPF)

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Localizado na cidade de Barueri, Região Metropolitana de São Paulo, o estádio Municipal Orlando Batista Novelli é um dos mais modernos do Brasil. Popularmente conhecido por Arena Barueri, o local já foi palco de grandes momentos do futebol e completa 13 anos de inauguração.

Anteriormente, no bairro Jardim Belval, em Barueri, o antigo estádio Doutor Orlando Batista Novelli tinha capacidade para cinco mil pessoas. Devido o momento de ascensão do futebol na cidade -o Grêmio Barueri, havia conquistado o acesso para a Série A1 do Campeonato Paulista, em 2006, e também o acesso para a Série B nacional- a prefeitura da época optou por demolir o estádio para dar lugar a uma nova e moderna arena.

O projeto visava que o novo espaço sediasse jogos para a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Inclusive, foi o primeiro estádio construído em São Paulo com a intenção de receber o evento. Mesmo que não tenha sido uma das sedes da Copa do Mundo, a nova arena recebeu uma nova infraestrutura e capacidade para 35 mil lugares, seguindo os modernos padrões de multiuso.

Casa dos paulistas. (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Casa dos paulistas. (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
MOMENTOS MARCANTES!

Apesar de nova, a Arena Barueri já vivenciou momentos inesquecíveis na história do futebol brasileiro. Em 2011, pelo estadual, o local abrigou o Majestoso. O São Paulo vivia um tabu de 11 jogos sem vencer o Corinthians, mas outro elemento tomava conta dos bastidores: a expectativa pelo centésimo gol do ídolo tricolor Rogério Ceni.

Ralf faz falta em Fernandinho próximo a entrada da área e a torcida são-paulina se agitou nas arquibancadas da Arena Barueri. Ceni bateu com perfeição por cima da barreira e a bola morreu no ângulo direito de Júlio Cesar.

Em 2012, por conta da construção do Allianz Parque, o Palmeiras mandou alguns de seus jogos na Arena Barueri. Dentre estes, está a marcante final da Copa do Brasil contra o Coritiba, no dia 25 de julho. O jogo de ida da copa nacional foi a primeira decisão que o estádio recebeu. Além disso, o duelo marcou o maior público da Arena Barueri, com 28.557 pessoas.

JOGO INAUGURAL!
Depois de demolido e surgir como a mais moderna arena de São Paulo, todos estavam ansiosos para ver a bola rolando no novo gramado que, inclusive, já recebia muitos elogios. Desta forma, no dia 26 de maio de 2007, o antigo Barueri recebeu o Criciúma em rodada válida pelo Campeonato Brasileiro Série B.

Na ocasião, o estádio estava inacabado e tinha capacidade máxima para 16.419 pessoas. Mas esse fato não atrapalhou os donos da casa e venceram o confronto por 2 a 1. Mesmo com a vitória, o primeiro gol da 'Era Arena' acabou sendo do Criciúma. Aos 13 minutos do primeiro tempo, experiente zagueiro Silvio Criciúma estreou o balançar das redes no estádio paulista.

FICHA TÉCNICA
Barueri 2 x 1 Criciúma
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP);
Data: 26 de maio de 2007
Árbitro: Lúcio José Silva De Araújo
Cartões amarelos: Paulão, Nilton (BAR); Alencar, Mauricio, Rudnei, Claudio Luiz, Sílvio Criciúma, Fernandinho, Filipe, Luis André (CRI).
Cartões vermelhos: Luis André (CRI).
Gols: Sílvio Criciúma, aos 13'/1ºT (Criciúma); Pedrão, aos 27'/1ºT e Assis, aos 19'/2ºT(pênalti) para Barueri.

Barueri:
Deola; Bosco, Paulão, Anderson Marques e Assis (Rodrigo Pontes); Nilton, Júlio, Ivan (André Bilinha) e Everton (Paulo Santos); Pedrão e Leandro. Técnico: Ruy Scarpino.

Criciúma: Alencar; Adans, Filipe, Fernandinho e Cláudio Luiz (Maurício); Silvio Criciúma, Elizeu, Luis André, Mateus (Alex Sandro), Clodoaldo e Rudnei (Adriano).Técnico: Gelson Silva.

Mateus Bezerra, especial para a FPF