Paulista A2: Indo mal, Grêmio Barueri contrata ex-técnico da Seleção feminina

Aos 39 anos, o novo treiandor terá um desafio enorme pela frente

por Agência Futebol Interior

Barueri, SP, 28 (AFI) - Nesta sexta-feira foi definido o novo técnico do Grêmio Barueri para o restante da temporada de 2014. Fazendo péssima campanha, com dinheiro, apoio da prefeitura e de um grande investidor, a Abelha aposta que um técnico novo, mas promissor resolverão os problemas. o clube anunciou o técnico Kleiton Lima, de 39 anos, que será auxiliado por Willian Moura. O treinador comandou os treinos de quinta e sexta-feira e irá estar à beira do gramado neste sábado, quando o clube recebe o São Caetano na Arena Barueri, às 18h30.

“As expectativas são as melhores, porque nós temos ainda nove jogos, são rodadas decisivas, é um grupo que a gente viu e temos perspectivas boas, garotos, alguns que já tem uma experiência maior, e todos podem contribuir, podem se doar. É sempre difícil assumir no meio de uma temporada, principalmente quando as coisas não estão sendo bem sucedidas. Mas foi o que eu falei para eles: a palavra milagrosa é sacrifício. Sacro, de Santo e ofício de trabalho. Então é o trabalho Santo que nós vamos desenvolver no dia a dia para com certeza fazer um bom trabalho e buscar sair logo desta situação, porque o Barueri é grande e eu tenho certeza que não está no lugar que tem que estar habitando”, disse Kleiton Lima em sua primeira entrevista pelo clube, que está na 18ª colocação do campeonato regional, com sete pontos.

O novo comandante acumula ótimas experiências no futebol masculino e feminino. Em 1994, ficou conhecido por ser o espião do técnico Carlos Alberto Parreira na Copa do Mundo, ajudando o treinador com informações privilegiadas na partida contra a Rússia, quando ainda atuava como jogador e teve contato com a seleção adversária. Além de ter treinado as categorias de base do Santos, quando teve contato com Diego e Robinho no Sub-15 e Sub-17, ter treinado algumas equipes profissionais e auxiliado Sergio Guedes em times como Sport Recife, Red Bull, São Caetano, entre outros.

Pelo futebol feminino, foi campeão de dois Sul-Americanos Sub-20 treinando a Seleção Brasileira. No Santos, com as famosas ‘Sereias da Vila’, foi o comandante do bicampeonato da Libertadores, além de ter vencido um Paulista, duas Copas do Brasil e uma Liga Nacional. Foi responsável por revelar diversas jogadoras que atuam com a camisa canarinho.

 
 
" />