Treinador do Goiás lamenta revés para o Inter, mas acredita na permanência

O Verdão pressionou o Colorado no segundo tempo e acabou perdendo por 1 a 0 no último domingo

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 11 (AFI) - O Goiás deixou o Beira Rio no último domingo com um gosto amargo pelo que apresentou em campo apesar da derrota para o Internacional, por 1 a 0, pela 29ª rodada do Brasileirão.

Para o treinador Glauber Ramos, o Verdão não merecia ter perdido a partida pelas chances criadas. Mesmo com o revés, ele acredita na permanência do clube na elite.

Glauber Ramos lamentou a derrota para o Internacional (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)
Glauber Ramos lamentou a derrota para o Internacional (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)
"Tivemos 60% de posse de bola, tivemos 14 finalizações contra 10, duas chances claras... A gente sai com a sensação ruim de ter perdido esse jogo. A gente poderia ter tido uma sorte melhor", disse Glauber Ramos, que segue acreditando na permanência do clube:

"Estamos em um processo de sair dessa situação incômoda e vamos conseguir sim".

ARBITRAGEM!
O treinador esmeraldino não entrou em maiores detalhes, mas deixou claro sua insatisfação com a árbitra paulista Édina Alves Batista e também a cera feita pelo Internacional.

"A questão de arbitragem não vou comentar, mas o jogo foi um pouco complicado em relação a marcação de faltas, ficamos incomodados com muitos jogadores caindo, demora para cobrar falta. Acho que isso não se faz necessário, mas faz parte", finalizou.

Espaço incorporado por HTML (embed)


A derrota manteve o Goiás na 18ª colocação do Brasileirão, com 26 pontos, seis a menos que o Fortaleza, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.