Técnico do Goiás desabafa contra a arbitragem após derrota para o Flamengo

O Goiás perdeu com gol no último lance após ter um gol anulado por impedimento

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 13 (AFI) – O técnico Enderson Moreira deixou o jogo contra o Flamengo na bronca com a arbitragem. O Goiás perdeu por 2 a 1 com um gol sofrido no último lance.

Segundo o técnico do Goiás, a arbitragem poderia ter analisado os lances polêmicos da partida de forma diferente, e algumas jogadas parecem ter outro peso quando são analisadas em favor dos chamados “times gigantes”.

“Tivemos um lance em que o árbitro pediu o VAR para poder verificar e ficou uns vinte segundos ali esperando, mas não deu mais um minuto. Então é sempre difícil as coisas para nós e parece que são sempre mais complicadas quando jogamos contra esses gigantes do futebol brasileiro”, desabafou.

“Aconteceu no pênalti do Atlético-MG, o VAR não vai lá, não olha, não verifica. O segundo gol agora, a gente tem algumas informações que talvez tenha pego na mão, mas ninguém olha, ninguém observa”, continuou.

Enderson ainda lembrou do impedimento que anulou o que seria o segundo gol do Goiás, quando o jogo ainda estava empatado por 1 a 1, e reclamou do tempo de acréscimos.

“O gol do David, se você for avaliar, é bem criterioso nessa questão do impedimento, então é difícil. Fico chateado porque cinco minutos poderia pouco e o Flamengo teria razão em reclamar, mas a partir do momento que ele deu cinco e nós não tivemos nenhuma conduta antidesportiva para segurar o jogo, eu acho que o acréscimo foi por conta dele, de uma forma que não precisava mesmo”, concluiu.