Mas já? Time do Brasileirão demite técnico após seis partidas

A diretoria do Goiás deve anunciar Enderson Moreira como substituto de Thiago Larghi

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 28 (AFI) - Durou pouco mais de um mês a passagem de Thiago Larghi pelo Goiás. Na tarde desta segunda-feira, a diretoria esmeraldina decidiu pela demissão do treinador.

Contratado para o lugar de Ney Franco em agosto, Larghi comandou o Goiás em apenas seis partidas e teve um aproveitamento de 28%, com três derrotas, dois empates e uma vitória.

Thiago Larghi não é mais o técnico do Goiás (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás)
Thiago Larghi não é mais o técnico do Goiás (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás)

INSATISFAÇÃO

A diretoria já vinha insatisfeita com o trabalho do treinador, que ganhou um respiro depois de ter vencido o Internacional, por 1 a 0.

No entanto, no último domingo, o time não mostrou um bom futebol no empate com o Ceará, por 2 a 2, em Fortaleza.

Thiago Larghi, que perdeu uma semana de trabalho por ter testado positivo para Covid-19, deixa o Goiás na penúltima colocação do Brasileirão, com nove pontos e dois jogos pendentes.

NOME DEFINIDO
Para o lugar de Larghi, a diretoria do Goiás deve anunciar Enderson Moreira, que está sem clube desde que deixou o Cruzeiro no início de setembro após uma sequência de maus resultados.

Se isso acontecer, essa será a terceira passagem de Enderson Moreira pelo Goiás. Sob seu comando, o clube foi campeão da Série B do Brasileiro em 2012.