Goiás confirma substituto de Ney Franco para a sequência do Brasileirão

Ex-Atlético Mineiro, Thiago Larghi, jovem comandante de 39 anos, é o novo treinador esmeraldino

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 21 (AFI) - O Goiás confirmou, na noite desta sexta-feira, que Thiago Larghi será o comandante esmeraldino para a sequência do Campeonato Brasileiro. Sem trabalhar desde que deixou o Atlético-MG, do qual foi desligado em outubro de 2018 após perder o título mineiro para o Cruzeiro e ser eliminado de Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, ele chega para a vaga de Ney Franco e terá contrato até fevereiro de 2021.

"A família esmeraldina pediu e Thiago Larghi é o novo treinador do Goiás", escreveu o clube goiano nas redes sociais.
Thiago Larghi chega ao Serra Dourada como aposta. Afinal de contas, tem apenas um trabalho como treinador. Em 2018, dirigiu o Atlético-MG em 49 oportunidades, conquistando 23 vitórias e 12 empates, com 55% de aproveitamento, entre interino e efetivado no cargo.
Thiago Larghi
Thiago Larghi

Nascido em Paraíba do Sul (RJ), o novo técnico esmeraldino acumula trabalhos como auxiliar no Botafogo, no Sport e no Corinthians. Ele chega a Goiânia com um auxiliar e um preparador físico, mas existe a possibilidade de um analista de desempenho ser contratado. Os nomes ainda não foram definidos.

Os últimos dias foram agitados nos corredores esmeraldinos. Com diversos casos de covid-19 no plantel, o que, inclusive, forçou o adiamento do duelo diante do São Paulo, o Goiás somou apenas um ponto em três jogos no Brasileirão.
Por isso, a diretoria resolveu agir e demitiu o gestor de futebol Túlio Lustosa e o técnico Ney Franco. Para os bastidores, o ex-goleiro Harlei Menezes foi o substituto.