Michael brinca com golaço anulado contra Corinthians e recebe apoio de Gil

Sonho do Santos, atacante é o principal destaque do Esmeraldino no Campeonato Brasileiro

por Agência Estado

Goiânia, GO, 08 - O Corinthians venceu o Goiás por 2 a 0, na quarta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo, mas sofreu para alcançar os três pontos no Campeonato Brasileiro.

E o principal motivo para tamanha dificuldade foi a atuação inspirada do atacante Michael. Ele chegou a empatar a partida ainda no primeiro tempo, mas o seu golaço foi anulado pelo VAR.

O jogador do time goiano lamentou o impedimento anotado pelo árbitro de vídeo, mas não perdeu o bom humor.

"Tem que se acostumar. Calço 35 e estava impedido por cinco centímetros. Se calçasse 30 ele teria validado o gol. Brincadeiras à parte, fico chateado. Fico com isso na cabeça: será que se fosse ao contrário o juiz teria dado? Não estou aqui para julgar e falar que errou, mas é difícil falar", comentou.

Michael chegou a balançar as redes em Itaquera, mas viu o gol anulado pelo VAR - Rosiron Rodrigues / Goiás EC
Michael chegou a balançar as redes em Itaquera, mas viu o gol anulado pelo VAR
DESTEMIDO

Michael infernizou a defesa do Corinthians em subidas pelo lado direito. Na jogada do gol, ele deu um corte no zagueiro Gil e bateu cruzado para as redes. "É um bom jogador, que continue assim. Ele é humilde e fez um bom trabalho", reconheceu o defensor corintiano.

O lateral-esquerdo Carlos Augusto, titular na vaga de Danilo Avelar, também sofreu com Michael.

Ele admitiu que encontrou dificuldade para marcar o atacante do Goiás e fez um jogo ruim. "O Michael voltava para marcar e era chato nos contra-ataques. Então tinha que voltar. Fiquei devendo, mas o importante é que o time conquistou os três pontos", disse.

Michael agradeceu os elogios dos jogadores do Corinthians e tentou explicar seu estilo de jogo. "Esse é o futebol alegre, para cima. Torcedor vai para o estádio para ver drible, quer ver alegria. E isso é o que tento passar para as pessoas", finalizou.