Sem espaço na Arena da Baixada, meia deve ser emprestado do Atlético-PR para o Goiás

Felipe Gedoz é aguardado em Goiânia para realizar exames médicos e assinar contrato até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 10 (AFI) - Um dos destaques do Atlético Paranaense na temporada passada, o meia Felipe Gedoz perdeu espaço em 2018 e tem sido muito pouco aproveitado pelo técnico Fernando Diniz, no Brasileirão. Até por conta disso, o Furacão deve emprestar o meio-campista de 24 anos para o Goiás, para ganhar mais experiência e tentar ajudar o clube esmeraldino a sair da zona de rebaixamento da Série B.

Com contrato até janeiro de 2020 com o Atlético, Felipe irá assinar contrato com o Goiás até o fim da temporada. O meia é esperado nessa quinta-feira para realizar exames médicos, antes de ser apresentado. Apesar do Furacão ter sido o primeiro time profissional do jogador no Brasil, ele já atuou Brugge, da Bélgica e no Defensor do Uruguai. Antes disso, fez as categorias de base do Juventude e do Carazinho, do Rio Grande do Sul.

Sem espaço na Arena da Baixada, Felipe Gedoz deve ser emprestado do Atlético-PR para o Goiás
Sem espaço na Arena da Baixada, Felipe Gedoz deve ser emprestado do Atlético-PR para o Goiás
Desde dezembro de 2016 no clube paranaense, o meia marcou nove jogos em 33 jogos e revezou entre a titularidade e a reserva. Porém nessa temporada, apesar de estar treinando normalmente com o grupo, pouco tem sido relacionados para os jogos da Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileiro.

Gedoz chegaria ao Serra Dourada para comandar o meio-campo do Goiás, que está carente no setor de criação e marcou apenas um ponto na Série B do Campeonato Brasileiro, amargando a zona de rebaixamento. Apesar de ter sido eliminado da Copa do Brasil nesse meio de semana para o Grêmio, o time goiano irá focar na disputa da segunda divisão nacional. Renato Cajá também foi contratado mas ainda não estreou.