Julinho Camargo não resiste a derrota para Ponte Preta e deixa o Goiás

Com quatro empates e oito derrotas, e um aproveitamento de 33,3%, o treinador deixou o clube já na tarde desta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 17 (AFI) – Mais um técnico caiu nesta 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Julinho Camargo não resistiu a derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta dentro do Serra Dourada e deu adeus ao Goiás. A informação foi divulgada pelo repórter André Rodrigues, da Rádio 730, que detalhou a saída do comandante.

Com quatro empates e oito derrotas, e um aproveitamento de 33,3%, o treinador deixou o clube já na tarde desta quinta-feira. O auxiliar técnico Wanderley Filho assume de forma interina o Goiás, junto com o preparador físico Danny Sérgio, até que o clube anuncie um novo substituto.

“Agradeço ao presidente, a diretoria, aos jogadores, ao torcedor e também a imprensa pela passagem no clube. Tivemos uma conversa franca e amigável e espero que o Goiás conquiste bons resultados no decorrer da competição”, disse Julinho.

Ele foi mais um treinador a cair na rodada, que ainda tem dois jogos nesta quinta. Antes de Julinho Camargo, Enderson Moreira já havia sido demitido do Fluminense, após a derrota por 4 a 1 para o Palmeiras no Rio, e René Simões foi dispensado do Figueirense, depois de ser batido por 1 a 0 no clássico diante do Avaí, também em casa.

Julinho Camargo não resiste a derrota para Ponte Preta e deixa o Goiás
Julinho Camargo não resiste a derrota para Ponte Preta e deixa o Goiás

Alguns nomes que estão na pauta para assumir o Goiás no Brasileirão. O técnico Enderson Moreira, ex-Fluminense, e Vinicius Eutrópio, ex-Chapecoense são os mais cotados, porém, o primeiro não é unanimidade entre a diretoria, quando o segundo ainda passa por avaliação antes de fazer uma proposta oficial.

Julinho foi o segundo técnico do Goiás neste Brasileirão. Ele assumiu a equipe no dia 9 de julho, na vaga do demitido Hélio dos Anjos, e a comandou em 16 partidas, com quatro vitórias, quatro empates e oito derrotas.

Julinho deixa o Goiás na 16ª posição, com 28 pontos, apenas um a mais que o Figueirense, primeiro clube na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o clube recebe o Joinville novamente no estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 11 horas do próximo domingo.

 
 
" />