Após Goiás ameaçar não entrar em campo, FGF paralisa o Campeonato Goiano

Alguns clubes como Vila Nova e Atlético-GO eram favoráveis ao prosseguimento da competição

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 17 (AFI) – O estado de Goiás era um dos poucos que ainda teria o campeonato estadual sendo disputado nos próximos dias. A Federação Goiana de Futebol (FGF) não queria parar a competição, mas após pressão de alguns clubes, torcedores e do Governo Estadual, a competição será paralisada.

A FGF divulgou, nessa terça-feira, que a competição está suspensa por tempo indeterminado e que novas determinações será divulgadas nos próximos dias, de acordo com o que ocorrer no Brasil em relação à propagação do coronavírus.

GOIÁS PRESSIONOU
Apesar do apoio de clubes como Vila Nova e Atlético-GO à FGF para que a competição seguisse sendo disputada, o Goiás foi o principal clube na reivindicação da paralisação.

O Esmeraldino, que está com o técnico Ney Franco com suspeita de coronavírus, afirmou que não entraria em campo nas próximas partidas, inclusive já nesta quinta-feira, em clássico contra o Atlético.

A ideia da FGF era antecipar as duas últimas rodadas para que a primeira fase terminasse no final de semana, e decidir na sequência como seria disputado o mata-mata. No entanto, a nova determinação é de que o campeonato seja mesmo paralisado por tempo indeterminado.