Vice-campeão da segunda divisão em Goiás, goleiro alcança sete acessos na carreira

Jefferson reencontra o técnico Márcio Ribeiro, após passagem de sucesso pelo Água Santa, no Anápolis

por Agência Futebol Interior

Anápolis, GO, 18 (AFI) - O Anápolis está de volta à elite do Campeonato Goiano. Já de olho no planejamento de 2020, a diretoria acertou a contratação do técnico Márcio Ribeiro para substituir Vilson Tadei, acertado com o Gama.

Outra grande novidade do Galo foi a renovação do vínculo do goleiro Jefferson, titular na campanha do vice-campeonato da Divisão de Acesso.

Após nova conquista, o atleta de 27 anos chega ao seu sétimo acesso na carreira e será um dos destaques no Estadual do ano que vem.

Na segunda divisão regional deste ano, o Anápolis teve a segunda melhor defesa - só foi superado pelo campeão Jaraguá.

Jefferson acumula sete acessos na carreira
Jefferson acumula sete acessos na carreira

Antes de acertar permanência, Jefferson recebeu algumas propostas para voltar ao futebol paulista.

"Recebi algumas propostas de clubes de São Paulo, onde realizei grandes trabalhos e conquistas. Porém, preferi dar continuidade a esse projeto do Anápolis para que possamos realizar boa competição no ano seguinte", disse.

VELHO AMIGO

O camisa 1 se reencontra com o técnico Márcio Ribeiro, agora no time de Goiás, após entrarem para a história do Água Santa em 2013 - na ocasião, o clube de Diadema alcançou o primeiro acesso regional, saindo da Segunda Divisão (quarto patamar) à Série A3.

"O professor Márcio Ribeiro é um grande profissional e fez história no Água Santa. Não é a toa que conquistou vários acessos por lá. Eu fico muito feliz em poder encontrá-lo novamente. Que possamos, juntos, realizar boa campanha no Goiano", projetou.

CARREIRA

Não foi só no Anápolis e no Água Santa que Jefferson conquistou acesso. Ele ainda teve mais cinco: campeão da Série A2 com Capivariano e passaporte carimbado ao Paulistão, além de São Carlos, Primavera e São Bento, quando fez parte da 'Era Paulo Roberto Santos', saindo da Série D para a B.

Formado nas categorias de base do Vitória, o goleiro conquistou um título baiano em dez anos de clube.