Francês: Após uma temporada, PSG anuncia saída de goleiro multicampeão

Buffon recebeu uma proposta de renovação, mas recusou por querer ter novos desafios

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 - O goleiro italiano Gianluigi Buffon, de 41 anos, não seguirá no Paris Saint-Germain para a próxima temporada. Nesta quarta-feira, em suas redes sociais, o clube francês anunciou a saída do veterano jogador, que atuou apenas um ano na equipe que conta com os brasileiros Neymar, Daniel Alves, Marquinhos e Thiago Silva.

Em julho do ano passado, depois de deixar a Juventus, Buffon assinou contrato com o Paris Saint-Germain por uma temporada, até o próximo dia 30, com opção de renovação por mais uma. No entanto, as partes não entraram em acordo para que o goleiro seguisse no clube na próxima temporada. O futuro do italiano ainda é incerto após o anúncio sobre a saída do PSG.

A diretoria do Paris Saint-Germain agradeceu a Buffon pelo serviço prestado:

O goleiro Buffon teve sua saída do PSG confirmada nesta quarta-feira
O goleiro Buffon teve sua saída do PSG confirmada nesta quarta-feira
"Um cavalheiro dentro e fora do campo e um extraordinário companheiro de equipe. Desejamos a você o melhor para o futuro", disse o clube em uma postagem no Twitter.

NÃO ACEITOU
Pouco tempo após a confirmação da saída, Buffon fez um post no Instagram para se despedir dos torcedores. De acordo com o goleiro, a equipe francesa até ofereceu uma renovação, mas ele quer buscar novos desafios.

"Hoje (quarta-feira) a minha aventura termina fora da França. O PSG ofereceu uma renovação de contrato que eu não aceitei, impulsionado pelo desejo de me preparar para novas experiências humanas e novos desafios profissionais", afirmou.

DESEMPENHO ABAIXO
Apesar de ser considerado um dos maiores goleiros do mundo, Buffon teve uma temporada abaixo do esperado e falhou em jogos importantes - como na derrota por 3 a 1 para o Manchester United, em Paris, que custou a eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Participou de apenas 25 partidas e ficou diversas vezes na reserva do francês Alphonse Aréola. No Paris Saint-Germain, Buffon venceu um Campeonato Francês e uma Supercopa da França. Antes de partir para Paris, fez história defendendo o gol da Juventus.

Na Itália, defendeu a equipe de Turim em 507 partidas entre 2001 e 2018. Foram 9 títulos do Campeonato Italiano, 5 da Copa da Itália e mais 6 da Supercopa da Itália, além do título da Série B em 2005/2006. O jogador ainda chegou em duas finais de Liga dos Campeões com a Juventus, mas acabou derrotado - para Barcelona, em 2015, e Real Madrid, em 2017.