A3: Francana espera acabar com a síndrome do Lanchão

por Rodolfo César - Comércio da Franca

Franca, SP, 30 (AFI) - A quinta derrota da Francana no Estádio Lanchão já faz a equipe entrar em uma zona de risco no Campeonato Paulista da Série A3. O time perdeu para o Lemense por 1 a 0 no domingo e não conseguiu permanecer no G8 ao final da 16ª rodada. Faltam agora três jogos, dois deles a Veterana fará em casa, o que continua um pavor para a equipe.

Confira:
A3: Na reta final, Araçatuba consegue liberação de seu estádio

No retrospecto foi uma vitória, dois empates e cinco derrotas em confrontos realizados no Estádio Lanchão. A próxima partida é contra a Itapirense, nesta quarta-feira, às 20h30, novamente em casa. A Francana agora é a nona colocada, com 23 pontos. Antes dessa rodada o time estava em sétimo.

Os jogadores saíram de campo no domingo inconformados e tentaram explicar o resultado. “O time vem correndo pra caramba e não consegue finalizar. Aí vem na defesa e em uma bola toma o gol”, observou o lateral Rinaldi. Ray, artilheiro da equipe com seis gols, foi mais alarmante. “Temos que ter atenção. Faltou um último passe nosso. Se não ganharmos da Itapirense praticamente estamos fora”.

O técnico João Martins, que comandou seu primeiro jogo à frente da Veterana, repetiu inúmeras vezes em sua coletiva que faltou tranquilidade para os atletas concluírem as jogadas de gol. “Eu não posso cobrar dos meninos que não jogaram. Eles jogaram, sim. Temos de ter a tranquilidade. O time precisa aprender a ganhar o jogo”, sentenciou.

Apesar de preocupante, o treinador garantiu que a classificação para a segunda fase do Paulista da Série A3 chegará. “Nós vamos classificar, não tem outra conversa. O torcedor pode ficar tranquilo que vamos classificar”.