Argentino que deixou o Santos se torna opção no Fortaleza

Ariel Holan é um dos nomes estudados pela diretoria tricolor para substituir Enderson Moreira

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 28 (AFI) - Diante da negativa de Fernando Diniz, a diretoria do Fortaleza passou a avaliar outros nomes no mercado para assumir o lugar de Enderson Moreira, demitido após a eliminação nas semifinais da Copa do Nordeste.

Um treinador que agrada os dirigentes tricolor e deve ser procurado nos próximos dias é o argentino Ariel Holan, que no início da semana pediu demissão do Santos por conta da pressão dos torcedores e de promessas não cumpridas.

Ariel Holan pediu demissão do Santos no início da semana (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Ariel Holan pediu demissão do Santos no início da semana (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Ariel Holan se encaixa no perfil procurado pelo Fortaleza, que é de um estilo de jogo ofensivo. Essa questão, inclusive, teria sido um dos principais motivos pela saída de Enderson Moreira, demitido com 12 vitórias, quatro empates e sete derrotas.

O argentino de 60 anos tem uma história curiosa, pois antes de ir para o futebol foi treinador de hóquei sobre a grama. Depois, Ariel Holan trabalhou como auxiliar em vários clubes, como Arsenal de Sarandí-ARG, Estudiantes-ARG, Independiente-ARG, Banfield-ARG e River Plate-ARG.

A primeira experiência de Holan como treinador profissional de futebol foi em 2015 no Defensa y Justia-ARG. Depois, passou por Independiente-ARG, onde foi campeão da Sul-Americana de 2017 diante do Flamengo, e Universidad Católica-CHI antes de ir para o Santos.