Presidente de clube do Brasileirão acredita em prejuízo de R$ 3 milhões

Futebol está parado por causa da pandemia do coronavírus e clubes estão sem arrecadar

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 01 (AFI) - Os clubes têm feito de tudo para diminuir os prejuízos com a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus, mas nem tudo é possível. O presidente Marcelo Paz, por exemplo, anunciou em live com os torcedores que o Fortaleza deverá ter prejuízo de R$ 3 milhões em abril.

"O impacto é certo, vamos perder receita. Uma certa é das lojas. Em abril do ano passado, vendemos R$ 1,5 milhão, e esse mês (abril de 2020) deve ser 100 mil. Fora março. Daí se tira R$ 1,4 milhão só daí, já é prejuízo", disse ele.

"Em bilheteria, teríamos um Clássico-Rei, semifinal do Campeonato Cearense, quartas de final da Copa do Nordeste e oitavas de final da Copa do Brasil. Por baixo, a gente tá deixando de faturar uns 3 milhões de reais. Por baixo. Impacta muito", completou Paz.

Cenário nada bom. (Foto: Divulgação)
Cenário nada bom. (Foto: Divulgação)
PROMOÇÃO!

Para tentar diminuir o déficit, Marcelo Paz prometeu fazer uma promoção em abril para os sócios. E para atrair os torcedores, ele prometeu mexer na mensalidade.

"Vamos fazer promoção para sócio em abril, deixar com preço do ano passado para algumas categorias, camisa para outras categorias, para tentar manter o programa ativo. Mas quem puder segurar, segura a onda. A tendência é que a carga de jogos seja toda entregue. Estadual, Copa do Nordeste, Série A não se fala em outra coisa que não seja os 38 jogos", explicou.