Fortaleza pede impugnação da partida contra o Flamengo no STJD

O clube cearense alega que o lance do segundo gol flamenguista deveria ser anulado porque havia duas bolas em campo

por Agência Estado

Fortaleza, CE, 19 (AFI) - O Fortaleza entrou com um pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para impugnar a partida contra o Flamengo, disputada na última quarta-feira, que terminou com a vitória do time carioca por 2 a 1, de virada. O lance contestado pelo clube cearense é o do segundo gol dos time rubro-negro, marcado por Reinier, sob a alegação de que havia mais de uma bola em campo no momento.

O STJD confirmou que recebeu a comunicação através de seu site, onde colocou todo o comunicado que recebeu do time cearense. No lance, Renê cobrou lateral na área em jogada ensaiada, Vitor Gabriel escorou para trás, e Reinier cabeceou no ângulo, aos 43 minutos. O time da casa reclamou de uma segunda bola em campo, que teria sido jogada por um torcedor.

A medida já vinha sendo avaliada pelo Fortaleza desde o término da partida, já que o time acreditava ter sido prejudicado pela arbitragem com um erro de direito, o que pode levar à impugnação da partida. "O tento originou-se de jogada nula, na medida em que coexistiam, no mesmo lance, duas bolas, com inequívoca interferência da segunda bola no lance, situação identificada pelo árbitro condutor, mas com aplicação errônea da regra do jogo", justifica a equipe nordestina no comunicado, em que pede que o resultado da partida não seja homologado até a decisão final sobre a impugnação.

Logo após a partida, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, reclamou desse e de outros lances. "A gente está vendo o Fortaleza ser roubado jogo após jogo. O árbitro, quando conduz o jogo, a gente percebe. O lateral João Lucas era para ter sido expulso porque fez falta clara em Osvaldo. O escanteio do primeiro gol não existiu, Vitinho chutou em ninguém. O VAR chamou pênalti duvidoso, e o segundo gol deles foi com duas bolas em campo e ainda foram jogadas pela torcida. O torcedor foi lesado, vestiário revoltado. O VAR é uma decepção, vê coisas que não existem", afirmou.

O Flamengo lidera o Campeonato Brasileiro com oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Palmeiras. O Fortaleza, por sua vez, luta contra o rebaixamento e está na 15ª posição, com 28 pontos, dois acima do 17º CSA, o primeiro dentro da zona da degola.