Clube do Brasileirão oficializa chegada do técnico Roger Machado

Como jogador, ele tem uma história bastante ligada ao Fluminense, onde encerrou a carreira em 2008

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 23 (AFI) - O Fluminense oficializou, no início da noite desta terça-feira, a contratação do técnico Roger Machado. O ex-jogador esteve no CT do clube, mas ainda não concedeu entrevista coletiva. Ele terá a missão de comandar o Tricolor em 2021, com destaque para a volta na Libertadores após oito anos.

"O técnico Roger Machado visitou, na tarde desta terça-feira (23/02), o Centro de Treinamento Carlos Castilho, onde se reuniu com o presidente Mário Bittencourt e o diretor executivo de Futebol, Paulo Angioni, e foi apresentado a alguns profissionais do Fluminense", informou o clube carioca.

Roger Machado está de volta ao Fluminense. (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
Roger Machado está de volta ao Fluminense. (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)

"Roger irá ao Maracanã na quinta-feira para assistir ao jogo contra o Fortaleza, com Marcão ainda no comando técnico. O novo treinador assumirá o time neste sábado, quando será realizada sua apresentação oficial e detalhadas questões contratuais e de equipe de trabalho", completou o Flu.

CIDADE MARAVILHOSA!
Aos 45 anos, o gaúcho Roger Machado fechou contrato com o clube carioca por duas temporadas. Como treinador, essa será a primeira passagem do ex-jogador pelo Rio de Janeiro. Antes mesmo de ser oficializado, o treinador já vinha traçando a temporada do Fluminense.

O Fluminense está na quinta colocação com 61 pontos e tem chances de entrar no G4, que dará direito a fase de grupos da Libertadores. O São Paulo, com 63 pontos, fecha o G4. Na rodada final, o Flu receberá o ameaçado Fortaleza no Maracanã na quinta-feira, às 21h30.

MAIS DE ROGER!
Roger Machado está sem clube desde que deixou o Bahia em setembro. Como jogador, ele tem uma história bastante ligada ao Fluminense, onde encerrou a carreira em 2008 e um ano antes, marcou o gol do título da Copa do Brasil. Como treinador, tem passagens também por Juventude, Grêmio, Atlético-MG e Palmeiras.