Fluminense confirma saída de destaque e revela casos de covid-19

Os jogadores contaminados são: o lateral Egídio, o zagueiro Nino e o meia Michel Araújo

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 19 (AFI) - O dia não foi dos melhores do Fluminense. Após confirmar que Dodi irá deixar o clube em 2021, o clube informou novos casos de covid-19 no elenco. Os jogadores contaminados são: o lateral Egídio, o zagueiro Nino e o meia Michel Araújo. Os atletas já cumprem o isolamento determinados pelos responsáveis da saúde e estão sendo observados pelo Departamento Médico do Tricolor.

Com isso, o técnico Odair Hellmann terá que quebrar a cabeça para escalar o time diante do Internacional neste domingo, às 18h15, no estádio Beira-Rio, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

CASO DODI!
O Fluminense revelou também que Dodi não permanecerá no clube em 2021. O jogador não chegou a um acordo com o clube e teve seu passe repassado para um clube do exterior, cujo nome ainda não foi revelado.

Dodi com a camisa do Fluminense
Dodi com a camisa do Fluminense
Confira a nota oficial:
Os empresários do jogador Dodi informaram ao Fluminense, somente na tarde desta quinta-feira, que o jogador já está negociado a um clube estrangeiro (não informado) e que, portanto, não está disposto a seguir com as negociações. Embora o clube tenha insistido, por diversas vezes, em uma resposta, seus empresários só atenderam a este chamado hoje, a um dia do encerramento da janela de contratações, causando grande prejuízo operacional ao clube.

As tratativas haviam se iniciado ainda no período das finais da Taça Rio e envolveram diversas tentativas de acordo mas, segundo os representantes, mesmo que o clube oferecesse uma nova proposta hoje, não adiantaria, pois a decisão já estava tomada havia tempo.

O Fluminense já havia sido alertado, ainda em setembro, de que os empresários do jogador o ofereciam a diversos clubes ao mesmo tempo em que negociavam a permanência do atleta, em atitude que não condiz com a ética que se espera de qualquer um que se relacione com o clube. A partir de hoje, Dodi não mais atuará pelo Fluminense e treinará em horário alternativo até o fim de seu contrato, que está previsto para 31 de dezembro de 2020, já que seus representantes sequer acenaram com a possibilidade de estender o contrato até o final do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021.