Time do Brasileirão vende goleiro para o Liverpool; Valor pode chegar a R$ 12,5 milhões

Caso isso aconteça, será a terceira maior transferência de um goleiro no futebol brasileiro

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) - Depois de quase três semanas de negociação, o Fluminense acertou a venda do goleiro Marcelo Pitaluga, de 17 anos, ao Liverpool, da Inglaterra. Ele assinará por três anos em negócio que pode chegar a R$ 12,5 milhões.

O clube carioca, que manteve 25% dos direitos econômicos de Pitaluga, receberá um milhão de euros (cerca de R$ 6,2 milhões), as caso o goleiro atinja metas no contrato, receberá outra parcela de mesmo valor.

Caso isso aconteça, será a terceira maior transferência de um goleiro no futebol brasileiro. Os dois que lideram são Cleiton, que saiu do Atlético-MG ao Bragantino, por R$ 23 milhões, e Alisson, que saiu do Inter para a Roma, da Itália, por R$ 21 milhões.

DIRETOR COMENTA

Paulo Angioni, diretor de futebol do Fluminense, comentou sobre a negociação. "O atleta ainda passa por um processo de maturação e seria utilizado em médio prazo. O clube conta com Muriel, Marcos Felipe e João Lopes, além do Pedro Rangel, muito elogiado pela preparação de goleiros. Seguimos com um percentual, além do mecanismo de solidariedade", disse.

Muriel, Marcelo e Alisson
Muriel, Marcelo e Alisson
DESPEDIDA

O jovem goleiro também falou sobre a transferência e agradeceu o Fluminense. "Sou muito grato ao Fluminense. Foram 10 anos no clube, desde o futsal, passando por Xerém, até chegar ao profissional.

Sempre fui muito bem tratado e tive toda a assistência necessária para o meu desenvolvimento, tanto pessoal, quanto como atleta.

Essa oportunidade que surgiu será muito importante pra mim. Era uma oportunidade única, principalmente por ter passaporte europeu", disse.

CONHEÇA ELE

Com apenas 17 anos, ele já defendeu a Seleção Brasileira Sub-17, sendo campeão do Mundial em 2019. Elle integrava o Sub-23 do Tricolor carioca e tinha contrato até 2022. Antes, já havia chamado a atenção da Juventus, da Itália.

O garoto chegou a ser relacionado em 2019, quando Muriel estava lesionado, mas não entrou em campo pelo Fluminense. Pitaluga se recuperou de uma fratura no quarto metacarpo da mão direita e havia sido reintegrado recentemente ao time.