Com retorno de Fred e Moleques de Xerém, Flu mira dias de glória no Brasileirão

Após campanhas de pouco destaque nas últimas edições, o Fluminense conta com a experiência de jogadores rodados

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 07 (AFI) - A história comprova que a mistura de gerações costuma dar liga em times de futebol. É nessa fórmula que o Fluminense aposta suas fichas para chegar mais forte no Brasileirão Assaí 2020. Com a volta de Fred, um dos maiores ídolos do clube, e o ímpeto dos Moleques de Xerém, o Tricolor Carioca visa retomar os dias de glória nesta temporada.

O clube das Laranjeiras é conhecido por sua forte categoria de base. Tradicionalmente, o Flu costuma revelar grandes jogadores. O time desse ano não foge muito disso e conta com alguns jovens muito promissores. Um bom exemplo disso é a dupla que terminou o Campeonato Carioca como titular da equipe. O "Casal Sub-20", como foi apelidado pela torcida, traz os atacantes Marcos Paulo e Evanílson, crias da base do Flu.

No entanto, a experiência também fala alto na equipe tricolor. Além da volta do já citado Fred, o Fluminense conta com a bagagem de jogadores mais ‘cascudos’, como Nenê, Paulo Henrique Ganso e Hudson. Para completar a mistura do elenco, há ainda dois estrangeiros novatos, que buscam seu espaço na equipe: o meia uruguaio Michel Araújo e o atacante peruano Fernando Pacheco. Em contrapartida, perdeu Gilberto para o Benfica, de Jorge Jesus.

Fred é o grande nome do Fluminense
Fred é o grande nome do Fluminense
EM ALTA!
O Fluminense foi um dos pontos positivos do Campeonato Carioca e conseguiu fazer jogos de igual para igual com o Flamengo, apesar de ter um elenco mais humilde. A expectativa é boa para o Brasileirão.

"Manter a regularidade. Vai ser um campeonato atípico pelo tempo em que ficamos parados. Vamos começar bem depois. Vamos passar o Natal e o Ano Novo jogando. O que mais pode nos prejudicar é perder a concentração e o foco, além do cuidado de saber que a temporada é longa e só vai terminar ano que vem", disse Nenê.

TIME BASE: Muriel; Igor Julião, Matheus Ferraz, Nino e Egídio; Hudson, Dodi e Yago Felipe; Nenê, Fred e Marcos Paulo. Técnico: Odair Hellmann