Carioca: Odair Hellmann avalia Fluminense em derrota e comenta reestreia de Fred

Mesmo com o resultado diante do Volta Redonda, equipe das Laranjeiras aparece na liderança do Grupo B

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 28 (AFI) - Mesmo insatisfeito com a retomada do Campeonato Carioca, por conta do atual estágio da pandemia de covid-19 no Brasil, o Fluminense enfrentou o Volta Redonda, no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada da fase de grupos da Taça Rio.

Entretanto, o resultado foi inesperado: vitória por 3 a 0 para a equipe do Vale do Paraíba. Após a partida, em entrevista coletiva virtual, o técnico tricolor, Odair Hellmann, tentou justificar a derrota dos mandantes.

O comandante elencou o primeiro gol, marcado por Pedrinho, em belo contra-ataque e contando com falha do goleiro Muriel, e a expulsão do lateral-esquerdo Egídio, tudo isso com cerca de 15 minutos do primeiro tempo, como elementos essenciais para o placar final.

"Eu achei que a gente não fez uma boa partida, mesmo com esse cenário. Esperava que pudéssemos nos apresentar melhor. Vamos ter que melhorar a performance no próximo jogo. Tomamos um gol de contra-ataque, são circunstâncias... a gente vai diminuir essas possibilidades, esses erros. Logo em seguida, a expulsão dificulta ainda mais para que a gente possa fazer o jogo. O jogo saiu todo do nosso planejamento", disse o treinador, que buscou encontrar pontos positivos em meio a esse cenário e elogiar os visitante.

"No segundo tempo, teve volume, criamos oportunidades. O Volta Redonda teve méritos, não conseguimos fazer uma boa partida, independente do tempo que foi escasso e a expulsão no desgaste, que era nossa maior preocupação. Quando a gente vai criando e o gol não sai, vai se expondo mais, inclusive fisicamente, dando espaço pro adversário fazer o segundo e o terceiro. Vamos para o próximo jogo, com a derrota incomodando, mas tem a chance de fazer diferente", destacou.

CONTA MAIS!
Odair Hellmann ainda comentou a reestreia do centroavante Fred. Um dos maiores ídolos da história tricolor, ele retornou às Laranjeiras após cerca de quatro anos, período no qual defendeu Atlético Mineiro e Cruzeiro. Neste domingo, ele permaneceu em campo apenas durante o primeiro tempo.

Foto: André Moreira
Foto: André Moreira
"Já tinha conversado com o Fred, seriam cerca de 45, no máximo 60 minutos, dentro de uma circunstância. Ele trabalhou bem na partida, fez bons pivôs, participou bem da movimentação, mesmo com um jogador a menos. É um primeiro momento. Ele foi bem no jogo em todos os aspectos", encerrou o técnico do Fluminense.

CENÁRIO
Com nove pontos, o time de Odair Hellmann aparece na liderança do Grupo B. Volta Redonda, com sete, fecha a zona de classificação às semifinais da Taça Rio. Na quinta-feira, às 17h30, no Elcyr Resende, em Saquarema, o Fluminense visita o Macaé, lanterna, com apenas três pontos.