Após dois treinos fechados, Flu deve ter Pedro e João Pedro no ataque na segunda

Treinador não deverá contar com o atacante Luciano, que tem proposta do Atlético-MG

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 12 - O técnico Fernando Diniz comandou dois treinos fechados, na quinta e nesta sexta-feira, e esboçou o time do Fluminense que poderá enfrentar o Ceará, segunda-feira, às 20 horas, no Maracanã, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Neste confronto, o treinador não deverá contar com o atacante Luciano, que tem proposta do Atlético-MG. Com seis partidas na competição nacional, o jogador não pode mais atuar, senão não poderá mais ser negociado para atuar pela equipe de Belo Horizonte neste Brasileirão.

Com isso, a tendência é a de que Pedro e João Pedro sejam escalados ao lado de González em um trio ofensivo neste duelo diante equipe cearense.

Após a parada da Copa América, o treinador poderá contar com o retorno do lateral-direito Gilberto, livre de dores no joelho esquerdo, e do zagueiro Digão, recuperado de uma fratura na perna esquerda. Em compensação, o meia Yuri, suspenso, será substituído por Allan.

MAIS TRABALHO
O treinador ainda terá mais duas sessões de treinamento no fim de semana para definir a escalação. O time provável para segunda-feira é o seguinte: Agenor; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri, Daniel e Ganso; Yony González, Pedro e João Pedro.

Foto: Divulgação / Fluminense
Foto: Divulgação / Fluminense
Durante o período de recesso da Copa América, o Fluminense disputou três jogos-treino, sendo dois deles contra a Portuguesa-RJ, batida por 2 a 1 e depois por 3 a 1 pela equipe tricolor. O time também superou o Grêmio Osasco por 3 a 1.

No Brasileiro, o Fluminense faz campanha irregular e luta para fugir das últimas posições. O time das Laranjeiras soma apenas oito pontos, após nove rodadas, em 16º lugar, mesma pontuação de Chapecoense e Cruzeiro.

AIRTON É SUSPENSO
Em julgamento realizado na última quinta-feira, o volante Airton foi punido com dois jogos de suspensão por jogada violenta em Bruno Guimarães, do Athletico-PR, em confronto entre as equipes no último dia 2 de junho, pelo Brasileirão. Com isso, ele se tornou baixa confirmada para o duelo de segunda-feira.