Gripado e com febre, João Pedro não treina e vira dúvida no Flu para clássico

O jogador de 17 anos, destaque do time nos últimos jogos, dependerá da evolução de seu quadro de saúde neste sábado

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 07 - Não bastasse o clima de tristeza pela eliminação na Copa do Brasil e problemas com salários atrasados e desfalques, o Fluminense poderá ter uma baixa muito importante para o clássico contra o Flamengo, neste domingo, às 19 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Gripado e com febre, o atacante João Pedro não participou do treinamento desta sexta-feira, no CT Pedro Antônio, e passou a ser dúvida.

O jogador de 17 anos, destaque do time nos últimos jogos, dependerá da evolução de seu quadro de saúde neste sábado para não ser mais um na lista de desfalques para o técnico Fernando Diniz. Com lesão na coxa direita, o atacante colombiano Yony González já está vetado. O zagueiro Matheus Ferraz ainda se recupera de dores no joelho esquerdo e, como não treinou, dificilmente jogará. Nino, outro defensor, com três cartões amarelos, e Airton, expulso na última rodada, estão suspensos.

COMPLICADO
Com tantos problemas, a tendência é Fernando Diniz escalar Caio Henrique no meio de campo e colocar Mascarenhas na lateral esquerda para reforçar o sistema defensivo. Na zaga, Frazan está certo e a outra vaga pode ter improvisação de Yuri ou Caio. No ataque, Brenner e Guilherme brigam por uma vaga.

João Pedro - Foto: Divulgação / Fluminense FC
João Pedro - Foto: Divulgação / Fluminense FC
E O 'PAGODE'?
Sobre salários atrasados, o volante Allan ressaltou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, que esse problema não é a causa das derrotas do time nos últimos jogos.

"Insatisfação todos têm porque temos contas e família. Mais de três meses atrasado. Mas não é o motivo das derrotas. Temos que fortalecer ainda mais o grupo. Não tem outra maneira de sair desse momento. Se isso virar mais uma pedra no caminho, só vai piorar as coisas. Temos que trabalhar para voltar a vencer", afirmou.

COMO VAI SER?
Para o clássico deste domingo, Allan acredita que o Fluminense não tem de mudar seu jeito de jogar.

"Vai ser um clássico bonito, de futebol bem jogado. Não vamos mudar muito a forma de jogar, só ajeitar algumas coisas. A estrutura não muda, mas precisamos entrar ligados. Eles têm um time muito bom na frente. Qualquer erro pode comprometer", completou.