Sem dois titulares, Diniz quebra a cabeça para escalar Fluminense no Clássico Vovô

Embalado pela vitória sobre o Grêmio, Tricolor desafiará o rival Botafogo neste sábado no Maracanã

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) - O técnico Fernando Diniz, em alta após a vitória eletrizante por 5 a 4 sobre o Grêmio em plena Arena na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, terá que quebrar a cabeça para escalar o Fluminense no clássico ante o rival Botafogo neste sábado, às 16 horas, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 4ª rodada.

O comandante perdeu, em Porto Alegre, os volantes titulares Aiton e Bruno Silva. E eles sofreram graves lesões. Para se ter uma ideia, Bruno Silva deverá voltar a jogar apenas após a Copa América no meio do ano. Ele sofreu uma lesão no menisco do joelho esquerdo e precisou de uma artroscopia. Já Airton sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa direita.

















Fernando Diniz, apesar de ter várias possibilidades, não deve fugir muito da realidade. Ele deve voltar ao esquema com dois volantes. Assim, Dodi ganha vaga ao lado de Allan. Diniz ainda terá como opção o recém-contratado Yuri. Ainda no meio-campo, mas na parte ofensiva, Paulo Henrique Ganso deve voltar.

"Ganso tem muita qualidade. Se jogar, nos ajudará bastante. Grande jogador, é experiente. Tem uma qualidade fora do normal. Sempre passa tranquilidade para a galera mais nova. Só agrega", disse o atacante Luciano em entrevista coletiva.

Ganso deverá ser titular no clássico contra o Botafogo! (Foto: Maílson Santana / Fluminense) - Maílson Santana / Fluminense
Ganso deverá ser titular no clássico contra o Botafogo! (Foto: Maílson Santana / Fluminense)

Luciano, aliás, deverá jogar aberto, assim como Yony González. Com isso, o garoto Pedro seria o centroavante. Nesta composição, Guilherme ficaria no banco. Caso mude de ideia, Fernando Diniz deixará Pedro no banco e colocará Guilherme ao lado de Ganso. O treinador fez mistério na escalação.

No 13º lugar com 13 pontos, o Fluminense deverá ir a campo com Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Dodi, Allan e Paulo Henrique Ganso; Luciano, Yony González e Pedro (Guilherme).