Carioca: Com Ganso e ataque goleador, Fluminense quer manter embalo contra a Cabofriense

A equipe de Fernando Diniz vem embalando na temporada e aposta no ataque, que vive boa fase, para buscar mais uma vitória

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) - O Fluminense entra em campo neste domingo para encarar a Cabofriense, às 16 horas, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Rio, tentando manter o embalo deste início de temporada. Para isso, o técnico Fernando Diniz confia em seu ataque e na principal contratação para o ano, Paulo Henrique Ganso.

Com alguma surpresa, o Fluminense faz um ótimo início de ano. Depois de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2018 apenas na última rodada e perder boa parte dos titulares, o clube apostou na filosofia de Fernando Diniz para esta temporada, e tem dado certo.

Mesmo com um elenco modesto, o treinador conseguiu montar um time ofensivo, municiado pelo seu trio de ataque. Yony González, com cinco gols, e Luciano, com três, são os artilheiros da equipe no Carioca, enquanto Everaldo tem se destacado na elaboração de jogadas e teria até despertado o interesse do Cruzeiro. Este último, porém, será desfalque neste domingo, suspenso.

"O esquema que o Diniz está colocando para jogar me ajuda bastante, não só a mim, como a todos. Ele pede para quem está do meio para frente entrar mais na área, com movimentação, para facilitar. E estar sempre perto do gol para quando sobrar a bola, a gente aproveitar", considerou Luciano às vésperas da partida de domingo.

A "cereja do bolo" veio com a contratação de Ganso, que fez seu melhor jogo pelo clube e desencantou no meio de semana, na vitória por 3 a 0 sobre o Ypiranga-RS, pela Copa do Brasil. Por isso, a expectativa é das melhores para a partida deste domingo.

Diante da Cabofriense, Diniz também não poderá contar com Bruno Silva, ainda cumprindo suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio. Allan e Caio Henrique podem atuar no setor. Já para a vaga de Everaldo, o substituto deverá ser Marquinhos Calazans.

Do outro lado, o Fluminense vai encarar um adversário também em boa fase. Afinal, a Cabofriense se recuperou da má campanha na Taça Guanabara e venceu suas duas primeiras partidas na Taça Rio, sob o comando do novo técnico, Valdir Bigode, que assumiu há um mês. "É um técnico maravilhoso", chegou a dizer o atacante Rincón após a goleada por 4 a 1 sobre o Americano, na última rodada.