Sul-Americana: Fluminense estreia atrás de goleada contra Nacional Potosí

Na volta, em maio, Tricolor terá de encarar a altitude de mais de 4 mil metros da cidade de Potosí

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 10 - O Fluminense estreia nesta quarta-feira na Copa Sul-Americana com uma ideia bem clara na cabeça. Enfrenta o Nacional Potosí, da Bolívia, às 21h45, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, com o objetivo de vencer por boa margem de gols para ter mais tranquilidade para a volta, em maio, quando terá de encarar a altitude de mais de 4 mil metros da cidade de Potosí.

"Jogar em uma altitude de quatro mil metros causa uma certa apreensão. Este primeiro jogo vai ser complicado porque precisamos atacar e não sofrer gols", declarou o técnico Abel Braga nesta terça-feira, ciente dos problemas que o Fluminense poderá encontrar na Bolívia.

"Temos um time de meninos, mas menos jovem do que tínhamos ano passado. Vamos para um jogo sabendo o que temos e o que não devemos fazer. São 180 minutos e os últimos 90 vão ter um grau de dificuldade ainda maior".

Sul-Americana: Fluminense estreia atrás de goleada contra Nacional Potosí (Foto: Divulgação)
Sul-Americana: Fluminense estreia atrás de goleada contra Nacional Potosí (Foto: Divulgação)
Em campo, o Fluminense tem mostrado evolução ao longo desta temporada. Começou mal o Campeonato Carioca, mas se recuperou a partir da Taça Rio (segundo turno) e só parou nas semifinais para o Vasco por ter levado um gol no último lance do clássico. Esse crescimento apresentado pela equipe deixou Abel Braga animado.

"Não surgindo tantas dificuldades como ano passado, a gente pode brigar por coisas maiores este ano", considerou.

A aposta do Fluminense para marcar gols nesta quarta-feira está no atacante Pedro, que se estabeleceu como titular e terminou o Estadual como artilheiro, com sete gols.

"O Pedro, jogo a jogo, está crescendo. Quem vier nesta posição vai ter que brigar com ele. Acabou a desconfiança dele e do torcedor com ele", projetou Abel Braga.

Sem Henrique Dourado, que foi para o rival Flamengo, a camisa 9 do Fluminense agora é de Pedro para a disputa da Copa Sul-Americana. A lista de inscritos para a competição pode contar com 30 nomes, embora o clube só tenha relacionado 28. Podem ser realizadas três alterações para a segunda fase e duas em cada etapa seguinte, até as semifinais.