Segundona: Com apoio do Futebol Sustentável, Flamengo segue no G2 do Grupo 15

"É sempre um prazer voltar para cá. O estádio estava lindo, todo pintado de vermelho e preto", disse o empresário Edivaldo Ferraz

por Agência Futebol Interior

Guarulhos, SP, 25 (AFI) - Flamengo e Itapirense não saíram do 0 a 0 no Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos, pela segunda rodada da terceira fase da Segundona Paulista. Apesar disso, a torcida dos donos da casa e deu show ao comparecer em peso. Com apoio do Programa Futebol Sustentável, mais de 1.500 pessoas, sendo 1.140 pagantes, foram ao Ninho do Corvo.

O resultado é melhor para os rubro-negros, que ficam em segundo no Grupo 15, com quatro pontos, dois abaixo do Rio Branco. Os alvirrubros conheceram o primeiro ponto, ficando à frente apenas do Mauá, que perdeu os dois jogos que fez. Os dois melhores de cada chave vão avançar às quartas de final.

Futebol Sustentável é sucesso em Guarulhos
Futebol Sustentável é sucesso em Guarulhos

"É sempre um prazer voltar para cá, onde somos bem recebidos. O estádio estava lindo, todo pintado de vermelho e preto. Importante sempre ressaltar a figura do presidente Reinaldo Carneiro Bastos, que não mede esforços para auxiliar o Interior", contou o empresário Edivaldo Ferraz, da E&L Marketing Esportivo.

É SUSTENSHOW
O Programa Futebol Sustentável é idealizado pelo presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, e executado pela E&L Marketing, empresa administrada por Edivaldo Ferraz.

Vale lembrar como funciona: para adquirir um ingresso, basta levar duas garrafas pets aos postos de troca. Todo material de reciclagem é destinado a uma cooperativa ou entidade da cidade que recebe a partida.

Foto: Divulgação / AA Flamengo
Foto: Divulgação / AA Flamengo

Desde 2016, o projeto já tirou mais de 4 milhões de garrafas plásticas do meio ambiente. Assim, cerca de 2 milhões de torcedores já foram aos estádios paulistas, especialmente no Interior, através da ação.

"O que estiver a nosso alcance para que a torcida possa ir aos campos, que cada vez mais famílias frequentem os estádios paulistas, a Federação, enquanto eu presidir a entidade, vai fazer. O Futebol Sustentável é mais uma prova de como nossa gestão tem funcionado", disse Reinaldo Carneiro Bastos.