Willian Arão é direto após tropeço do Flamengo: "Tem que vencer. Não tem desculpa"

Tropeço em casa no segundo jogo do técnico Rogério Ceni custou a vice-liderança

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 14 (AFI) - O Flamengo apanhou de 3 a 0 do Atlético-GO no turno, em Goiânia, e, neste sábado, não saiu do 1 a 1 em pleno Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Willian Arão não mediu palavras e criticou o resultado ao término do jogo.

"No Flamengo tem que vencer. Não tem desculpa. Não podemos tomar o gol que tomamos, ainda mais em casa. Temos que fazer melhor", esbravejou o jogador.

Nada feliz com o Fla de Ceni. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Nada feliz com o Fla de Ceni. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O tropeço no segundo jogo do técnico Rogério Ceni custou a vice-liderança. Agora, o Flamengo não passa do quarto lugar com os mesmos 36 pontos dos paulistas São Paulo (vice-líder) e Palmeiras (terceiro colocado) que levam vantagem nos critérios de desempate. O Atlético-MG lidera com 38.

"Estamos melhorando, mas temos que melhorar para buscar a classificação na quarta (Copa do Brasil) e buscar o título aqui (no Brasileirão). Temos que vencer as partidas. Não podemos dar o luxo de perder gols e falhar. Tem que fazer melhor", completou Arão.

Antes de atuar pela 22ª rodada do Brasileirão contra o Coritiba no sábado, 21, às 19 horas, novamente no Maracanã, no Rio de Janeiro, o Flamengo visitará o São Paulo na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, os paulistas venceram por 2 a 1 no Rio na estreia de Ceni.

ROGÉRIO CENI ANALISA EMPATE CONTRA O ATLÉTICO-GO