Dirigente do Flamengo recebe quase 41 mil votos e é eleito vereador

Responsável pelas contratações de Jorge Jesus e Domènec Torrent, Marcos Braz recebeu quase 41 mil votos (40.938)

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) - Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, se elegeu vereador no Rio de Janeiro na eleição realizada no último domingo. Ele já afirmou que não irá deixar o Flamengo e atuará nas duas frentes.

Homem forte do futebol rubro-negro e responsável pelas contratações de Jorge Jesus e Domènec Torrent, Marcos Braz recebeu quase 41 mil votos (40.938) ou 1,55% pelo Partido Liberal.

Apesar de afirmar que o novo cargo político não irá atrapalhar suas funções no clube, a frente "Flamengo da Gente" quer uma adequação no estatuto do Flamengo para evitar conflitos de interesses e que dirigentes tirem licença do cargo. A ideia ainda será analisada.

Dirigente e, agora, vereador. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Dirigente e, agora, vereador. (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

CONDIÇÃO!
Em entrevista ao site Paparazzo Rubro-Negro, feito por torcedores do clube, ele contou que só deixará o cargo quando o Flamengo for campeão mundial.

"Eu só saio do Flamengo demitido ou campeão do mundo. O trabalho vai continuar normalmente com muito carinho, com muito respeito sempre. Vamos nos dois. Pode ficar tranquilo que eu vou fazer os dois. Dá para fazer normalmente, é no Rio de Janeiro, não é viagem, não tem horário de jogo duas, três da tarde. Estou muito tranquilo quanto a isso aí", afirmou o dirigente.