Técnico do Goiás revela críticas de Domènec ao calendário brasileiro

Enderson Moreira disse que espanhol perguntou como que os treinadores conseguem trabalhar com essa maratona de jogos

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 13 (AFI) - Em entrevista coletiva concedida após a derrota do Goiás para o Flamengo, por 2 a 1, no Maracanã, em jogo atrasado da 11ª rodada, Enderson Moreira revelou críticas de Domènec Torrent ao calendário brasileiro.

De acordo com Enderson Moreira, o espanhol perguntou como que os treinadores brasileiros conseguem trabalhar com essa sequência de jogos e viagens. Domènec Torrent, inclusive, teria sugerido um protesto.

TÉCNICO DO MENGO NÃO REVELA NADA SOBRE RODÍZIO

Domènec Torrent criticou o calendário brasileiro (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Domènec Torrent criticou o calendário brasileiro (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

"O técnico do Flamengo me perguntou como nós conseguimos trabalhar assim, disse que precisamos fazer um protesto, alguma coisa, porque é inadmissível o que eles fazem em termos de sequências de jogos, essas viagens…

Então esse é o relato de quem está vindo de fora e está convivendo um pouco com essa sequência", disse o técnico esmeraldino.

SITUAÇÃO RUIM
Contratado para substituir Thiago Larghi, Enderson Moreira foi anunciado no dia 28 de setembro. Neste período, o Goiás disputou quatro jogos. Ou seja, o treinador não está tendo tempo de trabalhar os jogadores.

"Qual jogo não decisivo para nós? Todo jogo é decisivo, todo jogo é importante, todo jogo temos que ganhar! Mas tem uns doze dias que eu estou aqui e já fiz quatro jogos, estou mais como entregador de camisas do que como treinador", criticou Enderson Moreira.

Na lanterna do Brasileirão, com apenas nove pontos em 13 jogos, o Goiás volta a campo já na sexta-feira, contra o Bahia, na Serrinha, pela 16ª rodada.