Zicado? Voo que leva substitutos do Flamengo ao Equador fica 'preso' em Manaus

O avião foi impedido de entrar no espaço aéreo do Peru, a fim de dar sequência à viagem rumo à cidade de Guayaquil, no Equador

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 22 (AFI) - O Flamengo segue com problemas para fechar o elenco que jogará pela Copa Libertadores nesta terça-feira. Após atraso na decolagem, o voo que leva os substitutos Natan, Guilherme Bala, Rodrigo Muniz e João Lucas, chegou a Manaus no começo desta terça-feira.

Entretanto, foi impedido de sobrevoar o espaço aéreo do Peru, a fim de dar sequência à viagem rumo à cidade de Guayaquil, no Equador. O voo parou em Manaus para abastecer e resolver questões burocráticas para os jogadores terem suas saídas do país autorizadas.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
A expectativa é de que tudo se resolva até o fim da manhã desta terça.

A ideia é utilizar o mesmo avião para trazer de volta os jogadores que estão infectados.

SITUAÇÃO COMPLICADA

A vida do Flamengo no Equador não tem sido fácil. Após a goleada sofrida contra o Independiente Del Valle por 5 a 0, os brasileiros enfrentaram cancelamento de treino por conta de um vulcão ativo, lesão de seu artilheiro e sete casos de covid-19 no elenco.

Com isso, o técnico Domenèc Torrent terá problemas para escalar o Rubro-Negro para o confronto diante do Barcelona-EQU, nesta terça-feira, às 19h15, em Guayaquil, pela abertura do returno da fase de grupos da Libertadores.