Flamengo mira lateral de rival do Brasileirão para lugar de Rafinha

Guga pertence ao Atlético-MG, que estaria pedindo 5 milhões de euros para liberar o jogador

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, 15 (AFI) - Na última sexta-feira, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, deixou claro que o clube iria em busca de um substituto de Rafinha, que aceitou a proposta do Olympiacos, da Grécia.

Além do chileno Maurício Isla, a diretoria rubronegra também tem Guga como alvo. O lateral-direito da seleção olímpica possui contrato com o Atlético-MG até dezembro de 2023.

O Flamengo aposta no bom relacionamento dos dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel com a família Bertulucci, que passou a tomar conta da carreira de Guga no meio deste ano.

Guga está na mira do Flamengo para a sequência da temporada
Guga está na mira do Flamengo para a sequência da temporada
Pode pesar também o fato do jogador ser torcedor do Flamengo, tanto que, no ano passado, postou um stories no Instagram comemorando o título da Copa Libertadores e foi bastante criticado pelos torcedores atleticanos.

A negociação, porém, não é das mais simples. Dono de 75% dos direitos econômicos de Guga - os outros 25% pertencem ao Avaí -, o Atlético-MG estaria querendo 5 milhões de euros para liberar o lateral. Já o Flamengo deseja gastar até 4 milhões de euros.

QUASE FOI
Na semana passada, Guga esteve perto de deixar o Atlético-MG, que havia aceitado a proposta do Spartak Moscou, da Rússia, mas a negociação acabou não sendo finalizada. O Galo contratou Mariano já prevendo sua saída.

Nascido no Rio de Janeiro, Guga foi revelado nas categorias de base do Avaí e chamou a atenção em 2018 na campanha do acesso à elite do Brasileirão. Contratado no ano seguinte pelo Atlético-MG, o lateral tem 47 partidas.