Badalado e sem Jesus, Flamengo mantém elenco para defender título no Brasileirão

Com mudança no comando técnico mas grupo de jogadores mantido, Rubro-negro parte em busca da defesa de seu título

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 07 (AFI) - O ditado popular costuma dizer que em time que se ganha, não se mexe. Campeão brasileiro e da Libertadores da América no ano passado, o Flamengo seguiu esse pensamento praticamente à risca. Em busca de mais uma conquista, o Rubro-negro manteve os principais jogadores do elenco multicampeão e larga como um dos favoritos à disputa do Brasileirão Assaí 2020.

A grande perda ficou por conta da saída do técnico Jorge Jesus, que deixou o Flamengo no início de julho. O português foi substituído pelo espanhol Domènec Torrent, que estreará no comando do Fla na primeira rodada do Brasileirão.

Do time-base que venceu o campeonato com folgas em 2019, apenas o zagueiro espanhol Pablo Marí se transferiu. O defensor foi comprado pelo Arsenal, da Inglaterra. Para sua posição, chegaram Léo Pereira e Gustavo Henrique. Todos os outros dez titulares da campanha do ano passado se mantiveram no clube, que já levantou quatro taças no início de 2020.

E como se não bastasse a manutenção do time, o Flamengo ainda contou com a chegada de reforços de peso. O artilheiro, Gabriel Barbosa, e o craque do último Brasileirão, Bruno Henrique, ganharam a companhia de jogadores com passagem pela Seleção Brasileira, como o meia Thiago Maia e o atacante Pedro. No ataque, chegaram Pedro Rocha e Michael, revelação do Brasileirão 2019.

Flamengo é o grande favorito do Brasileirão
Flamengo é o grande favorito do Brasileirão

VAI LEVAR TUDO?
O Flamengo conquistou até o momento tudo que disputou, entre eles, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Carioca. Resta saber se seguirá nesse pique mesmo sem o técnico Jorge Jesus.

"Vai ser um time que vai tentar ter as mesmas características, que tenta pressionar, ficar com a bola, de ter muitas opções para chegar ao gol e um time que seja muito criativo. Nosso maior desafio é tentar ser campeão de novo. A gente sabe que vai ser muito difícil, muitos times vão brigar conosco. Temos que estar muito fortes e muito preparados para fazer um grande ano novamente", disse Arrascaeta.

TIME BASE: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luis; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Domènec Torrent.