Flamengo faz 'tour' e reuniões na Europa para definir substituto de Jorge Jesus

Se o nome ainda é incerto, a escolha por um comandante estrangeiro é o foco dos dirigentes

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 27 - Ainda que sem jogos oficiais, a semana será importante para a definição do futuro do Flamengo. Na Europa há alguns dias, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, e o diretor executivo Bruno Spindel têm se reunido com técnicos em busca de um substituto para Jorge Jesus. Se o nome ainda é incerto, a escolha por um comandante estrangeiro é o foco dos dirigentes.

Campeão nacional e da Libertadores pelo clube, o treinador português deixou o comando do time em 17 de julho, para retornar ao Benfica. Desde então, a diretoria trata de negociar a contratação de um treinador, conversando com "candidatos" ao cargo sobre planos profissionais e ideias de jogo, não apenas discutindo os termos de um eventual contrato. E espera solucionar o impasse em breve, pois o Flamengo estreará no Campeonato Brasileiro em 9 de agosto, no Maracanã, contra o Atlético Mineiro.

Enquanto isso, a equipe segue treinando no Rio de Janeiro
Enquanto isso, a equipe segue treinando no Rio de Janeiro
ENCONTROS
No último sábado, os dirigentes se encontraram com o espanhol Doménec Torrent, que foi auxiliar de Pep Guardiola por cerca de dez anos e está sem clube, após uma passagem recente pelo New York City FC. A reunião do treinador com os dirigentes em Madri foi, inclusive, registrada nas redes sociais.

Na última semana, Torrent recebeu elogios de Rafinha, que trabalhou com o hoje técnico no Bayern de Munique. "É um cara que dispensa comentários, eu conheço bem e posso falar com propriedade porque é um cara com quem eu trabalhei. Não só eu, né? Ele fez muita gente no Bayern crescer muito. E agora ele está de treinador, mas aí não tivemos mais contato. Mas o tempo que trabalhamos juntos dispensa comentários", afirmou, em entrevista à ESPN Brasil.

Outros nomes despontam na lista de interessados do Flamengo. Entre eles está um compatriota de Jesus, Carlos Carvalhal. O treinador conduziu o Rio Ave à classificação para a Liga Europa ao terminar recentemente o Campeonato Português na quinta colocação.

Só que o interesse de outros clubes europeus pode dificultar um acordo, com a própria direção do Rio Ave tendo reconhecido que o treinador está de saída do clube. "Tenho diversas propostas, da Inglaterra, de diversos países. Querem que eu leve os conceitos implementados no Rio Ave aos seus respectivos clubes", afirmou Carvalhal à imprensa portuguesa.

Spindel e Braz, porém, parecem bem abertos a conversas na passagem pela Europa. A decisão pela viagem teve o intuito de facilitar o contato com treinadores, acelerando o processo de conversas e negociações. O ex-zagueiro Fernando Hierro, que dirigiu a Espanha na Copa do Mundo da Rússia, teria sido oferecido ao clube e se reunido com os dirigentes na Europa.

NA PAUTA
Há nomes interessantes, mas difíceis de serem contratados pelo Flamengo, como os portugueses Leonardo Jardim e Marco Silva, que estão dispostos a dar sequência às suas carreiras em times do futebol europeu. E um outro treinador que teria sido avaliado e que está na América do Sul é o espanhol Miguel Angel Ramírez, do Independiente del Valle.

"Não temos o maior tempo do mundo, mas não estamos em uma situação normal, em que estaríamos em meio às competições, com jogos domingo e quarta. Talvez, isso desse estresse maior", afirmou, recentemente, Marcos Braz.

Enquanto não contrata o sucessor de Jesus, o Flamengo vem sendo comandado nos treinos no Ninho do Urubu por Maurício Souza. Técnico dos juniores, ele foi auxiliar de Maurício Barbieri em 2018. Além disso, no começo desta temporada, enquanto o elenco principal ainda estava em férias, dirigiu o time, composto basicamente por atletas da base, nas quatro primeiras rodadas da Taça Guanabara, com duas vitórias, um empate e uma derrota.