"Estava bêbado ou drogado", diz dirigente sobre declarações de ex-Flamengo

Abel Braga foi duramente criticado por Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente de Relações do Mengão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 28 (AFI) - Vice-presidente de Relações Externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista deu uma declaração polêmica ao canal 'Ser Flamengo'. O dirigente chegou a citar que pensou que o técnico Abel Braga, em sua passagem pelo Mengão, estava bêbado ou drogada em algumas entrevistas coletivas, que irritaram muita gente, na época.

"Houve um momento, que a gente achava e discutia internamente, que ele devia estar de sacanagem. A gente olhava ele dando entrevista e falava: "Cara, tem alguma coisa que não estamos entendendo. Ou ele bebeu, ou ele está drogado. Não é possível ele estar falando o que ele está falando". Falar que o Beira Rio é mais bonito do que o Maracanã, que perder é normal, para o Atlético-MG, para o Inter era normal, com o time jogando mal. A impressão que alguns de nós tivemos é que ele estava forçando uma saída", comentou.

MAIS POLÊMICA
O dirigente ainda fez elogios a Abel, falou do momento difícil que o treinador passou em sua vida pessoal - a perda de um filho - e ouviu do treinador que seria difícil conquistar tudo pelo Flamengo, algo que Jorge Jesus acabou conseguindo ao substituir o comandante.

Abel Braga nos tempos de Flamengo
Abel Braga nos tempos de Flamengo
"Eu tenho um carinho pelo Abel (Braga), eu gosto dele como pessoa. Eu acho, minha opinião, que ele teve uma perda importante na vida dele, que eu espero que nenhum de nós tenha. Respeito muito o problema que ele passou. Eu e Landim conversamos muito com o Abel sobre as razões dele voltar. (...) O Abel estava com muito ‘tesão’ pra voltar (dirigir um time). Nós falamos pra ele, muito claramente, que queríamos ganhar tudo, e ele, na época, afirmou que isso era muito difícil. A gente sabe que é difícil, mas esse é o nosso objetivo", disse o dirigente, que completou.

"Falamos também que era função dele avaliar o dia-a-dia do time para pedir as ferramentas necessárias para conquistar todos os títulos que queríamos. Beleza? Beleza. Mais uma coisa, Abel. A gente acha que você se explica demais quando você perde, gostaríamos de dividir um pouco o conhecimento que temos disso", finalizou.

ABEL BRAGA
Abel teve um aproveitamento de 64% no comando do Flamengo. Fez 28 jogos, com 18 vitórias, seis empates e apenas quatro derrotas. Deixou o Mengão para assumir o Cruzeiro. Hoje, está no Vasco da Gama.