Carioca: Jorge Jesus indica busca do Flamengo por mais um reforço para 2020

Rubro-Negro já trouxe Gustavo Henrique, Léo Pereira, Michael, Pedro e Pedro Rocha, além de manter Gabriel

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 13 - O Flamengo voltou a ser agressivo no mercado de transferências no início de 2020, fechando contratações de jogadores valorizados e caros, mas ainda está em busca de reforços.

Às vésperas de suas primeiras decisões na temporada, o técnico Jorge Jesus revelou que o clube ainda deve acertar a chegada de mais um nome para a sequência das competições.

O clube se reforçou para 2020 com os zagueiros Gustavo Henrique e Léo Pereira, além dos atacantes Michael, Pedro e Pedro Rocha - também fez investimento pesado para adquirir Gabriel, que atuou por empréstimo pelo clube no ano passado.

"Estamos de acordo que o Flamengo fez reforços cirúrgicos em função das nossas necessidades. Ainda vamos contratar mais um", afirmou Jesus, em entrevista coletiva após o triunfo por 3 a 2 sobre o Fluminense.

Jesus revela Flamengo à caça de mais um reforço para 2020 - Alexandre Vidal / CR Flamengo
Jesus revela Flamengo à caça de mais um reforço para 2020
FOI BEM?

No clássico, o Flamengo foi avassalador ao abrir 3 a 0, mas permitiu a reação do Fluminense, que marcou duas vezes e teria avançado à decisão caso empatasse o clássico.

Jesus dividiu a responsabilidade pela resposta do rival com o árbitro Grazianni Maciel Rocha e defendeu seus jogadores, apontando que seria impossível ter mantido a intensidade inicial durante os 90 minutos.

"Quem controla o impedimento? É o árbitro. Eles fizeram os gols e nitidamente o árbitro quis que o Fluminense entrasse no jogo. A partir daí, acreditaram que poderiam buscar o 3 a 3, ganharam emocionalmente e terminarem o jogo atuando no limite do risco", declarou.

"Não há nenhuma equipe do mundo que jogue os 90 minutos em cima do adversário. Se fosse, não seria 3 a 0, seria 6 a 0", emendou.

E AGORA?

Classificado à final da Taça Guanabara, o Flamengo enfrenta na decisão o vencedor do duelo entre Boavista e Volta Redonda, marcado para domingo.

No mesmo dia, o time estará em Brasília para encarar o Athletico-PR, pela Supercopa do Brasil, no Mané Garrincha.

Jesus aposta no apoio do torcedor do clube como um diferencial do Flamengo para o duelo decisivo.

"Jogar em Brasília é como se fosse no Maracanã. O apoio incondicional vai ser igual. E será nossa primeira final", comentou.